Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos polimorfismos de genes metabolizadores de xenobióticos (GSTM1, GSTT1, GSTP1 e mEH) em pacientes com cirrose e carcinoma hepatocelular

Processo: 12/14781-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2012 - 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Eny Maria Goloni Bertollo
Beneficiário:Eny Maria Goloni Bertollo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Genética médica  Carcinoma hepatocelular  Cirrose hepática  Polimorfismo genético  Xenobiótico  Biomarcadores 

Resumo

O tumor primário mais frequente do fígado é o hepatocarcinoma, também denominado de carcinoma hepatocelular (CHC). Os eventos biomoleculares que desencadeiam a carcinogênese do hepatocarcinoma se relacionam com doenças que interferem na síntese de DNA, como a cirrose, e a infecção por VHB e VHC (vírus das hepatites B e C). Alguns indivíduos podem apresentar risco aumentado de desenvolver o câncer devido às diferenças no biometabolismo. Desse modo, as diferenças individuais podem apresentar-se como significante fator de risco para neoplasias associadas ao tabagismo. Abordagens recentes têm associado polimorfismos de genes metabolizadores de xenobióticos, tais como os membros da família das glutationa-S-transferases (GSTs), e os da família epóxide hidrolase microssomal 1 (mEHs) com o hepatocarcinoma. Entretanto, estudos ainda são necessários para um melhor entendimento dessa associação. Este projeto tem como objetivo identificar os genótipos de restrição do genes GSTM1, GSTT1 e mEH e do polimorfismo GSTP1 C341T em pacientes com hepatocarcinoma e em indivíduos sem história de neoplasia (grupo controle), visando identificar biomarcadores de suscetibilidade deste tipo de câncer. Na presente proposta, serão avaliados 150 pacientes com diagnóstico patológico de cirrose ou carcinoma hepatocelular e amostras de sangue de 500 indivíduos controle. As variáveis a serem analisadas serão: Vírus B, Vírus C, etilismo, Esteatohepatite, Hepatite auto-imune, Hemocromatose e Doença de Wilson. A genotipagem dos polimorfismos será realizada por Reação em Cadeia da Polimerase - Polimorfismos de Comprimentos de Fragmento de Restrição (PCR-RFLP). Os achados moleculares e as informações sobre os fatores de risco serão avaliados estatisticamente. Os resultados poderão contribuir para o esclarecimento do papel de fatores genéticos nas diferenças de suscetibilidade ao efeito de carcinógenos e identificar biomarcadores de suscetibilidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZARA-LOPES, TAIRINE; SILVA GALBIATTI-DIAS, ANA LIVIA; URBANIN CASTANHOLE-NUNES, MARCIA M.; PADOVANI-JUNIOR, JOAO ARMANDO; MANIGLIA, JOSE VICTOR; PAVARINO, ERIKA CRISTINA; GOLONI-BERTOLLO, ENY MARIA. Polymorphisms in MTHFR, MTR, RFC1 and C beta S genes involved in folate metabolism and thyroid cancer: a case-control study. Archives of Medical Science, v. 15, n. 2, p. 522-530, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
ZARA-LOPES, T.; GIMENEZ-MARTINS, A. P. A.; NASCIMENTO-FILHO, C. H. V.; CASTANHOLE-NUNES, M. M. U.; GALBIATTI-DIAS, A. L. S.; PADOVANI-JUNIOR, J. A.; MANIGLIA, J. V.; FRANCISCO, J. L. E.; PAVARINO, E. C.; GOLONI-BERTOLLO, E. M. Role of MTHFR C677T and MTR A2756G polymorphisms in thyroid and breast cancer development. Genetics and Molecular Research, v. 15, n. 2 2016. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.