Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso da extração acelerada por solvente (ASE) para determinação cromatográfica de analitos de cocaína e tetraidrocanabinol em amostras de mecônio

Processo: 12/15483-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2012 - 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Mauricio Yonamine
Beneficiário:Mauricio Yonamine
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Carolina Dizioli Rodrigues de Oliveira ; Edna Maria de Albuquerque Diniz
Assunto(s):Toxicologia social  Drogas ilícitas  Canabinoides  Cocaína  Gravidez  Exposição materna  Mecônio  Cromatografia 

Resumo

O abuso de cocaína e maconha é grave problema de saúde pública em todo o mundo. Atualmente observa-se aumento no número de usuárias em idade fértil, levando a preocupação crescente com relação à exposição fetal a drogas, devido aos efeitos obstétricos e neonatais decorrentes. Alterações como diminuição do peso e do crescimento fetal, parto prematuro, síndrome da abstinência neonatal, déficits neurológicos e de comportamento, estão associados ao uso de substâncias ilícitas, álcool e tabaco durante a gestação. Portanto, é importante obter informações acerca do consumo de drogas durante a gravidez, permitindo com isto intervenções médicas e psicológicas adequadas. Os relatos fornecidos pela gestante são relevantes, porém muitas vezes resultam em dados subestimados devido a omissão de informações por medo de ações punitivas. Desta forma, a confirmação por meio de análises toxicológicas em amostras biológicas se faz necessária. O mecônio, primeiras fezes do recém-nascido, tem sido proposto como matriz adequada para avaliação da exposição fetal, pois apresenta coleta não invasiva, fácil obtenção e fornece informações de longo prazo (2º e 3º trimestre de gestação). Entretanto, é uma matriz complexa, exigindo diversas etapas de purificação para posterior análise. As técnicas mais comumente utilizadas são homogeneização da amostra em metanol ou outro solvente orgânico (extração sólido-líquido - SLE) seguida por extração líquido-líquido (LLE) ou extração em fase sólida (SPE). No entanto, estas técnicas apresentam algumas desvantagens como utilização de grandes volumes de solventes orgânicos, formação de emulsões e extração em múltiplas etapas. Desta forma, o presente trabalho visa o desenvolvimento de um método utilizando a extração acelerada por solvente (ASE), que permite menor manipulação da amostra e apresenta maior eficiência se comparada às técnicas convencionais, além da possibilidade de uso de volumes menores de solvente orgânico e maior praticidade. Em associação, será utilizada a análise de superfície de resposta, conjunto de técnicas estatísticas e matemáticas que permitem a otimização racional de métodos analíticos. Os analitos serão identificados por cromatografia em fase-gasosa acoplada a espectrometria de massas (GC-MS). Após o desenvolvimento dos métodos, as análises serão aplicadas em amostras de mecônio de neonatos com suspeita de exposição fetal à cocaína e maconha, provenientes do Hospital Universitário-USP. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MANTOVANI, CINTHIA DE CARVALHO; LIMA, MARCELA BITTAR; RODRIGUES DE OLIVEIRA, CAROLINA DIZIOLI; MENCK, RAFAEL DE ALMEIDA; DE ALBUQUERQUE DINIZ, EDNA MARIA; YONAMINE, MAURICIO. Development and practical application of accelerated solvent extraction for the isolation of cocaine/crack biomarkers in meconium samples. JOURNAL OF CHROMATOGRAPHY B-ANALYTICAL TECHNOLOGIES IN THE BIOMEDICAL AND LIFE SCIENCES, v. 957, p. 14-23, APR 15 2014. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.