Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de cepas de Haemophilus parasuis isoladas de suínos através da eletroforese em campo pulsado (PFGE) e pelo sequenciamento de múltiplos sítios (MLST)

Resumo

Haemophilus parasuis é o agente etiológico da Doença de Glässer, que causa artrite, pneumonia, meningite e poliserosite em suínos e tem assumido grande importância na suinocultura moderna, uma vez que sua ocorrência tem aumentado significativamente nos últimos anos. Atualmente são descritos 15 sorotipos do agente, no entanto uma grande quantidade de amostras não são tipificadas através dos métodos convencionais. No presente estudo serão avaliadas cem cepas de H. parasuis provenientes da coleção de culturas do Laboratório de Sanidade Suína e Virologia - VPS - FMVZ - USP, isoladas de suínos de diferentes Estados do Brasil. As cepas serão submetidas à confirmação do gênero/espécie, identificação da presença dos genes de virulência vtaA pela PCR, serão sorotipadas e o perfil de resistência a antimicrobianos será avaliado através da determinação da concentração inibitória mínima (CIM). Após estes testes as amostras serão submetidas à caracterização pela técnica de PFGE e tipagem por sequenciamento de múltiplos sítios (multilocus sequence typing - MLST). Os dados obtidos através da caracterização fenotípica e genotípica das cepas serão confrontados para a possível identificação de marcadores epidemiológicos e de virulência. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)