Busca avançada
Ano de início
Entree

Mutações cooperantes, caracterização funcional e anticorpos contra o mutante do IL7R na leucemia linfóide aguda

Processo: 12/12802-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2012 - 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:José Andrés Yunes
Beneficiário:José Andrés Yunes
Instituição-sede: Centro Infantil de Investigações Hematológicas Dr Domingos A Boldrini (CIB). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Alexandre Eduardo Nowill ; Carlos Lenz Cesar ; Francisco Pereira Lobo ; Jörg Kobarg ; Silvia Regina Brandalise
Bolsa(s) vinculada(s):13/09859-4 - Treinamento em produção de anticorpos monoclonais por método de imunização subtrativa, BP.TT
Assunto(s):Oncologia  Leucemia-linfoma linfoblástico de células precursoras  Leucemia linfoide  Mutação  Oncogenes  Proliferação celular  Anticorpos monoclonais  Cisteína 

Resumo

As leucemias linfóides agudas (LLA) estão amplamente associadas a anormalidades cromossômicas e mutações genéticas recorrentes. Em trabalho recente descrevemos a ocorrência de mutações no exon 6 do gene da cadeia alfa do receptor da IL-7 (IL7Ra), em 9% das LLA de fenótipo T (LLA-T). Algumas alterações genéticas constituem importantes fatores para iniciar a leucemia, mas em muitos casos estas alterações são insuficientes para formar um fenótipo leucêmico completo, sugerindo a ocorrência de mutações oncogênicas colaborativas. Uma das maneiras de identificar possíveis mutações colaborativas é verificar a associação estatística entre as diferentes mutações nos diferentes pacientes. Em nosso estudo, as mutações do IL7Ra apresentaram-se associadas a alterações nos genes HOXA. Outro estudo mostra associação de mutações do IL7Ra com mutações em GATA3 e presença do transcrito quimérico SET-NUP214. Neste projeto propomos o sequenciamento massivo do exoma dos 5 casos portadores do IL7Ra mutante, para identificar outras mutações associadas ao IL7R mutante e estudos funcionais ex vivo para testar colaboração das mutações GATA3 e SET-NUP214 com a mutação no IL7Ra em termos de sobrevivência e proliferação celular. Propõe-se também a obtenção de camundongos Konckin para o IL7Ra mutante (serviço de terceiros) para avaliar o papel dessa mutação na ocorrência 'espontânea' de leucemia e efeitos da mutação na maturação de timócitos. As mutações do IL7Ra resultam na inserção de uma cisteína na porção extracelular justaposta ao domínio transmembrana do receptor. A cisteína 'mutante' contribui para a incomum formação de homodímeros/oligômeros do IL7Ra, sinalização constitutiva via JAK1/STAT5 e indução de sobrevivência e proliferação celular, típico de mutações oncogênicas. No presente projeto pretende-se substrair ou inserir cisteínas da região extracelular do IL7Ra mutante, averiguando formação de dímeros/oligômeros e capacidade de sinalização. Tambpem pretendemos determinar a localização subcelular do IL7Ra mutante e o local da sinalização. Finalmente, uma vez que o IL7R de células normais é um heterodímero do IL7Ra e o IL2Rg, o homodímero IL7Ra-IL7Ra pode servir como alvo leucemia-específico para o desenvolvimento de anticorpos monoclonais (AcM) terapêuticos, fato que será explorado no presente projeto. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, RODRIGO FERNANDES; CARDOZO, DANIELA MAIRA; LIBANIO RODRIGUES, GISELE OLINTO; DE SOUZA-ARAUJO, CAROLINE NATANIA; MIGITA, NATACHA AZUSSA; LUCCI DE ANGELO ANDRADE, LILIANA APARECIDA; DERCHAIN, SOPHIE; YUNES, JOSE ANDRES; GUIMARAES, FERNANDO. CAISMOV24, a new human low-grade serous ovarian carcinoma cell line. BMC CANCER, v. 17, NOV 13 2017. Citações Web of Science: 0.
DOS SANTOS, ERIC F. S.; CURY, NATHALIA M.; DO NASCIMENTO, TAINARA A.; RAMINELLI, CRISTIANO; CASAGRANDE, GLEISON A.; PEREIRA, CLAUDIO M. P.; SIMIONATTO, EUCLESIO; YUNES, JOSE A.; PIZZUTI, LUCAS. Ultrasound-Promoted Synthesis of 3-(Thiophen-2-yl)-4,5-dihydro-1H-pyrazole-1carboximidamides and Anticancer Activity Evaluation in Leukemia Cell Lines. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 28, n. 2, p. 217+, FEB 2017. Citações Web of Science: 5.
ERIC F. S. DOS SANTOS; NATHÁLIA M. CURY; TAINARA A. DO NASCIMENTO; CRISTIANO RAMINELLI; GLEISON A. CASAGRANDE; CLAUDIO M. P. PEREIRA; EUCLÉSIO SIMIONATTO; JOSÉ A. YUNES; LUCAS PIZZUTI. Ultrasound-Promoted Synthesis of 3-(Thiophen-2-yl)-4,5-dihydro-1H-pyrazole-1-carboximidamides and Anticancer Activity Evaluation in Leukemia Cell Lines. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 28, n. 2, p. 217-224, Fev. 2017.
FERNANDES, MONICA T.; GHEZZO, MARINELLA N.; SILVEIRA, ANDRE B.; KALATHUR, RAVI K.; POVOA, VANDA; RIBEIRO, ANA R.; BRANDALISE, SILVIA R.; DEJARDIN, EMMANUEL; ALVES, NUNO L.; GHYSDAEL, JACQUES; BARATA, JOAO T.; YUNES, JOSE ANDRES; DOS SANTOS, NUNO R. Lymphotoxin-beta receptor in microenvironmental cells promotes the development of T-cell acute lymphoblastic leukaemia with cortical/mature immunophenotype. British Journal of Haematology, v. 171, n. 5, p. 736-751, DEC 2015. Citações Web of Science: 9.
MILANI, MATEUS; ALBERTONI LARANJEIRA, ANGELO BRUNELLI; DE VASCONCELLOS, JAIRA FERREIRA; BRANDALISE, SILVIA REGINA; NOWILL, ALEXANDRE EDUARDO; YUNES, JOSE ANDRES. Plasma Hsp90 Level as a Marker of Early Acute Lymphoblastic Leukemia Engraftment and Progression in Mice. PLoS One, v. 10, n. 6 JUN 11 2015. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.