Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação transcultural e validação de instrumento de avaliação de trabalho em equipe: questionário de clima de equipa orientado para a inovação (team climate inventory)

Processo: 12/17685-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2012 - 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Marina Peduzzi
Beneficiário:Marina Peduzzi
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Mariana Charantola Silva
Assunto(s):Pessoal de saúde  Trabalho em grupo  Estresse profissional  Recursos humanos  Sistema Único de Saúde  Estudos de validação 

Resumo

No âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Atenção Primária em Saúde (APS), que tem o Programa de Saúde da Família (PSF) como modelo estruturante, as ações de saúde se organizam com base o trabalho em equipe. Assim é necessário avaliar a integração e efetividade das equipes tendo em vista promover a atenção integral às necessidades de saúde dos usuários e comunidades. Não há instrumentos que mensurem esta prática no âmbito da APS no Brasil, já no âmbito internacional identificam-se diversos instrumentos, dentre os quais se destaca o Team Climate Inventory - TCI que foi adaptado e validado em mais de dez paises com bons resultados, inclusive na APS. O TCI é composto 38 itens e quatro fatores com base teórica próxima à concepção de trabalho em equipe no contexto do SUS. O objetivo deste estudo é realizar a adaptação transcultural e validação do TCI á partir da versão portuguesa de Portugal. Trata-se de estudo transversal com abordagem quantitativa que englobará duas etapas: validação de conteúdo por comitê de especialistas e validação das propriedades psicométricas da escala. A amostra será aleatória e estratificada composta por trabalhadores inseridos em equipes de PSF, Saúde Bucal e NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família) do município de Campinas. A validação contempla a análise fatorial, de consistência interna e da confiabilidade e estabilidade das medidas do tipo convergente com correlação com os dados obtidos por meio de escala que mensura o grau de satisfação profissional, a Occupation Stress Indicator - OSI. (AU)