Busca avançada
Ano de início
Entree

Rti - ANSP 2012: infraestrutura de rede sem-fio para o desenvolvimento de pesquisa clínica

Processo: 12/51455-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Conectividade à Rede ANSP
Vigência: 01 de dezembro de 2012 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Marco Antonio Gutierrez
Beneficiário:Marco Antonio Gutierrez
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Wireless  Internet  Sistemas distribuídos  Sistemas de informação hospitalar 

Resumo

A disponibilização e acesso às informações de Saúde no ponto de cuidado do paciente (POC - point-of-care) é uma necessidade universal para qualquer profissional de Saúde, em especial nos Instituições de Ensino e Pesquisa. Os avanços nas tecnologias de computação móvel (PocketPCs, PDAs e Tablets) e aplicações para estes dispositivos, tais como referências médicas, manuais de referência sobre drogas, boas práticas e informações sobre a assistência do paciente podem proporcionar uma melhoria na assistência no POC, bem como suprir a necessidade de informações pelos profissionais de Saúde, que estejam em treinamento neste tipo de local. A adoção de computação móvel adiciona valor à prática clínica, oferecendo aos profissionais de Saúde informações clínicas e de assistência quando e onde elas são necessárias. Além disso, tais tecnologias podem melhorar a troca de informação entre profissionais de Saúde, reduzindo erros médicos, devido ao acesso inadequado ou limitado sobre dados clínicos, propiciando suporte à decisão clínica no POC. Este projeto tem por objetivo dar continuidade ao desenvolvimento de novos produtos e aplicações desenvolvidos em projetos anteriores, nos quais foram adaptados e/ou desenvolvidos novos sistemas médicos, tanto nos aspectos tecnológicos, quanto na própria arquitetura lógica e de design, para que pudessem operar como dispositivos móveis conectados em redes sem-fio. Nesse sentido, o projeto aqui proposto, pretende dar continuidade ao esforço em disponibilizar informações clínicas e assistências de pacientes e dos serviços de apoio no ponto de cuidado do paciente, considerando as particularidades de uma Instituição de ensino e pesquisa. (AU)