Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação das características sensoriais das aguardentes de cana produzidas na região central do estado de São Paulo

Processo: 01/12931-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de maio de 2003 - 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:João Bosco Faria
Beneficiário:João Bosco Faria
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Instituição parceira: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR)
Assunto(s):Tecnologia de alimentos  Bebidas alcoólicas  Aguardente  Análise sensorial de alimentos  Cana-de-açúcar  São Paulo (SP) 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_104_94_95.pdf

Resumo

O estabelecimento de padrões de qualidade para a cachaça brasileira é etapa fundamental para se pensar em estabelecer um controle de qualidade capaz de garantir o acesso dessa bebida ao mercado internacional. Nesse sentido, além de conhecer e controlar os principais componentes capazes de causar defeitos nessa bebida é também imprescindível o conhecimento das características sensoriais relacionadas com os produtos de maior e menor aceitação, para então poder atuar no sentido de melhorar a qualidade das aguardentes produzidas. O levantamento e a coleta de amostras dos produtores de cachaça da região permitirão pela primeira vez, através da análise sensorial e da determinação do perfil de voláteis (projeto paralelo apresentado pelo Prof. Douglas W. Franco (IQSC-USP)), fornecer um quadro da situação atual e dos possíveis meios de ação para melhorar e controlar a qualidade da aguardente aqui produzida. A parceria com as prefeituras permitirão uma futura ação integrada com vistas à melhoria da qualidade desse produto. (AU)