Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodiversidade e relações filogenéticas dos gêneros Astyanax, Hemigrammus, Hyphessobrycon e Moenkhausia (Characiformes: Characidae)

Processo: 12/51014-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2013 - 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Convênio/Acordo: CONICET
Pesquisador responsável:Claudio de Oliveira
Beneficiário:Claudio de Oliveira
Pesq. responsável no exterior: Juan Dias de Astarloa
Instituição no exterior: Universidad Nacional de Mar del Plata (UNMdP), Argentina
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/17009-2 - Biodiversidade e relações filogenéticas dos gêneros Astyanax, Hemigrammus, Hyphessobrycon e Moenkhausia (Characiformes: Characidae), AP.BTA.TEM
Assunto(s):Characidae  Diversidade genética  Evolução animal  Peixes 

Resumo

A família Characidae com 58% (cerca de 1.100 espécies) das espécies hoje reconhecidas de Characiformes é a maior em número de espécies em Characiformes e é também a área mais ativa em termos de descrição de espécies na ordem (mais de 250 espécies novas descritas nos últimos 10 anos ou cerca de 80% de todos os Characiformes). A recente conclusão das análises moleculares de nosso projeto temático com a família Characidae permitiu a elaboração de um trabalho no qual apresentamos uma nova hipótese de relacionamento entre os Characiformes e propomos uma nova definição de Characidae. Há, entretanto, a necessidade de estudos adicionais. Assim sendo, pretendemos: (1) testar, com base em dados moleculares, as hipóteses de monofiletismo de grandes gêneros de Characidae, principalmente Astyanax, Hemigrammus, Hyphessobrycon e Moenkhausia; (2) testar a hipótese de monofiletismo de Characidae e testar as hipóteses de monofiletismo dos grupos internos de Characidae, como proposto em nossas análises moleculares em submissão para publicação, pela adição de novos táxons, principalmente gêneros ainda não amostrados; e (3) com base nos resultados alcançados, fornecer subsídios para caracterizar os grupos monofiléticos encontrados e também para a identificação de novos táxons em Characidae. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELO, BRUNO F.; SIDLAUSKAS, BRIAN L.; HOEKZEMA, KENDRA; FRABLE, BENJAMIN W.; VARI, RICHARD P.; OLIVEIRA, CLAUDIO. Molecular phylogenetics of the Neotropical fish family Prochilodontidae (Teleostei: Characiformes). Molecular Phylogenetics and Evolution, v. 102, p. 189-201, SEP 2016. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.