Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto de um estímulo nociceptivo inflamatório persistente acompanhado ou não de analgesia com opióide sobre a neurogênese hipocampal, morte celular, aprendizagem e comportamento de ansiedade em ratos

Processo: 12/50325-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Ana Teresa Figueiredo Stochero Leslie
Beneficiário:Ana Teresa Figueiredo Stochero Leslie
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pediatria  Neonatologia  Dor nociceptiva  Neurogênese  Hipocampo  Morte celular  Ansiedade 

Resumo

A dor neonatal tem sido associada a consequências neuro comportamentais a longo prazo em recém nascidos prematuros, porém seus reais efeitos no sistema nervoso ainda não estão elucidados. Objetivo: avaliar possíveis consequências da dor, acompanhada ou não de analgesia, sobre a neurogênese hipocampal, morte celular, comportamento de ansiedade e aprendizagem em ratos. Método: trata se de uma estudo experimental, controlado, em modelo animal, sendo a dor desencadeada por um estímulo nociceptivo inflamatório persistente, por meio da injeção do adjuvante completo de Freund no subcutâneo da pata esquerda, no primeiro dia de vida. A analgesia será realizada por meio da injeção intra peritoneal diária de fentanyl do primeiro ao sexto dia de vida. Desfechos: A neurogênese no giro denteado do hipocampo será avaliada por meio da bromodeoxyuridina e do "neuronal nuclear antigen" (NeuN). Serão estudadas a sobrevida celular e proliferação celulares na idade jovem e na idade adulta. Morte celular: imunohistoquímica para caspase-3 e TUNEL. Conseqüências em longo prazo no comportamento e na aprendizagem: testes em campo aberto, labirinto em cruz elevado e no labirinto aquático de Morris. (AU)