Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação de métodos não destrutivos na inspeção de estruturas de madeira

Processo: 12/22599-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2013 - 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Pesquisador responsável:Raquel Gonçalves
Beneficiário:Raquel Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Alex Julio Trinca ; Domingos Guilherme Pellegrino Cerri
Assunto(s):Madeira  Ensaios não destrutivos  Ultrassom 

Resumo

A madeira é material de construção consagrado ao longo da história da humanidade e, atualmente, vem sendo considerada dos mais sustentáveis, considerando a baixa energia incorporada, o armazenamento de carbono e o fato de ser material renovável. Porém, como todo material, ela sofre degradação e perde capacidade resistente ao longo do tempo. Desta forma, inspeções periódicas são necessárias para manter a integridade da estrutura em serviço. Diversos métodos de inspeção não destrutiva (END), ou semi-destrutiva, vêm sendo propostos para estruturas de madeira, todos apresentando aspectos positivos. No entanto, nenhum deles é completo o suficiente para garantir, de forma isolada, resultados adequados de inspeção, quer por aspectos ligados à metodologia de aplicação, quer por limitação de resultados. Por essa razão, a associação de métodos de END têm sido foco de discussões recentes, principalmente em eventos científicos. O fato de que tais discussões não tenham gerado ainda número compatível de artigos científicos em periódicos, pode estar relacionado à falta de resultados conclusivos, pautados em bases teóricas das técnicas avaliadas. Dentro deste contexto o objetivo principal dessa pesquisa é avaliar a associação de duas técnicas não destrutivas: a propagação de ondas e a resistência à perfuração. No caso da propagação de ondas o equipamento utilizado será o Ultrassom e, no caso da resistência à perfuração, o Resistógrafo. O estudo será realizado considerando as bases teóricas dos métodos, visando a proposição de metodologia adequada à essas bases e limitada ao escopo de cada uma das técnicas. Como objetivos específicos pretende-se avaliar a precisão de cada uma das técnicas na detecção dos níveis, das dimensões e da localização das deteriorações de forma isolada, bem como modelos de correlação com propriedades físicas (densidade e umidade) e mecânicas (resistência residual estimada) envolvidas em inspeções de estruturas de madeira. Tendo em vista que os dois métodos a serem analisados são de fácil aplicação e de custo moderado, a comprovação da eficiência de resultados da aplicação conjunta dessas técnicas contribuirá para a proposição de alternativa de metodologia para a inspeção de estruturas de madeira no Brasil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RUY, MONICA; GONCALVES, RAQUEL; PEREIRA, DOUGLAS MORAES; MANSINI LORENSANI, RAFAEL GUSTAVO; BERTOLDO, CINTHYA. Ultrasound grading of round Eucalyptus timber using the Brazilian standard. European Journal of Wood and Wood Products, v. 76, n. 3, p. 889-898, MAY 2018. Citações Web of Science: 3.
BERTOLDO, CINTHYA; GONCALVES, RAQUEL. Influence of Measurement Position, Tree Diameter, and Bulk Wood Density on Models that Predict Wave Propagation Velocity in Logs According to the Velocity in Trees. FOREST PRODUCTS JOURNAL, v. 65, n. 3-4, p. 166-172, 2015. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.