Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do impacto da implementação de diretrizes clínicas na qualidade do atendimento nas emergências psiquiátricas de São Paulo

Processo: 03/06383-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de abril de 2004 - 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Teng Chei Tung
Beneficiário:Teng Chei Tung
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Instituição parceira: Secretaria Municipal de Saúde (São Paulo)
Bolsa(s) vinculada(s):04/03471-5 - Emergências psiquiátricas do município de São Paulo: uma proposta para a avaliação da qualidade do atendimento e padronização das condutas clínicas, BP.TT
Assunto(s):Serviços médicos de emergência  Serviços de emergência psiquiátrica  Administração dos cuidados ao paciente 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_137_116_116.pdf

Resumo

O Grupo de Interconsultas do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IPQ-HC-USP) atua na interface da Psiquiatria e das demais especialidades médicas. Além das atividades acadêmicas desenvolvidas junto aos alunos do curso de Medicina e médicos do programa de residência médica, realiza o atendimento de pacientes que apresentem transtornos psiquiátricos durante e após a internação nos diferentes serviços do Hospital das Clínicas, inclusive nas unidades de emergência. As pesquisas realizadas pelos integrantes do Grupo de Interconsultas incluem temas como suicídio; transtornos afetivos e psicóticos, estresse, epilepsia e outros. Nas últimas décadas, tem-se observado mudanças significativas nas modalidades de atendimento em saúde mental, inclusive os atendimentos da psiquiatria de emergência, que vem se firmando como uma área de atuação da psiquiatria clínica. Segundo informações da Área temática de saúde mental da Secretaria Municipal de Saúde, o município de São Paulo possui 12 serviços de emergência psiquiátrica que realizam cerca de 10.000 atendimentos mensais. Não há padronização das condutas médicas nestas emergências psiquiátricas, o que dificulta a avaliação da qualidade de atendimento. Os critérios para internação dos pacientes em enfermarias ou hospitais psiquiátricos variam entre os técnicos e os diferentes serviços criando problemas com o fluxo de pacientes. Além disso, há um despreparo dos técnicos e seguranças para a abordagem de situações especificas tais como casos de agitação psicomotora, violência e tentativa de suicídio. Nesta direção, o Grupo de Interconsultas em parceria com a área temática de saúde mental da Secretaria Municipal de Saúde propõe a definição e a implementação de diretrizes clínicas nas emergências psiquiátricas do município de São Paulo O projeto piloto será desenvolvido em um serviço de emergência, com os seguintes objetivos: o levantamento dos principais indicadores da qualidade de atendimento; a viabilização e a sistematização das informações que forneçam os indicadores; o desenvolvimento e a implementação das diretrizes clínicas, incluindo a participação e capacitação dos profissionais do serviço; e a comparação dos indicadores antes e depois da implementação das diretrizes clínicas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RÉGIS ERIC MAIA BARROS; TENG CHEI TUNG; JAIR DE JESUS MARI. Serviços de emergência psiquiátrica e suas relações com a rede de saúde mental Brasileira. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 32, p. -, Out. 2010.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.