Busca avançada
Ano de início
Entree

A construção de material didático bilíngue de cultura e língua indígena em correspondência com a Lei 11.465/08

Resumo

Este Projeto de Pesquisa filia-se à linha de pesquisa "Educação escolar e educação superior indígena" do Grupo de Pesquisa LEETRA (CNPq), que lidero. Viso, através dele, dar continuidade a Projeto FAPESP (2009/13871-4). Assim como o anterior, este projeto é voltado, em princípio, à compreensão dos processos sócio-cognitivos, discursivos e identitários inerentes às práticas linguageiras, com ênfase, neste caso, para a construção de material didático, compreendido como artefato cultural (Bartlett, 2007), que possa suprir a demanda proveniente da Lei 11.465/08, na vertente da incorporação da temática indígena nos currículos escolares de primeiro e segundo graus. Entre outros enfoques, exploro: a análise crítica do discurso (Fairclough 2001); a teorização referente aos gêneros do discurso (Bakhtin, 1995, 1997; Swales, 1990; Bhatia, 2004); conceitos advindos da Semiótica da Cultura (Lotman, 2005) e da Teoria da Atividade (Leontiev, 2000; Vigotski, 2001; Jantzen; 2008). É dada ênfase particular, neste caso, aos conceitos de artefato cultural (Bartlet, 2007) e de ator-rede (Latour, 2005). O levantamento de dados será efetuado com base em pesquisa participativa, de perfil etnográfico, de viés qualitativo e interpretativo: a) no próprio campus universitário; b) através de pesquisa de base etnográfica em comunidades indígenas; c) em centros de cultura digital; d) no México, para levantamento de dados em experiências semelhantes. Viso à formação de banco de dados e, mais especificamente, à construção de material didático em diferentes formatos e ambientes de aprendizagem (livros, e-books, CDroms, plataformas virtuais etc.). Espero contribuir para a formação dos profissionais da educação básica intercultural indígena e para a implementação da lei 11.465/08 e das Ações Afirmativas em universidades públicas. (AU)