Busca avançada
Ano de início
Entree

O custo metabólico e mecânico da ventilação em tartarugas

Resumo

O sistema respiratório dos vertebrados não é composto somente de um trocador de gases, mas também de mecanismos anatômicos para ventilar e perfundir o trocador de gases. Para entender a estrutura, a função e a evolução do sistema respiratório torna-se necessário a compreensão da natureza de interação entre os seus componentes analisando a morfologia do sistema respiratório, os mecanismos de ventilação e a mecânica respiratória, bem como a eficiência das trocas gasosas e os custos metabólicos associados. Todos esses dados em conjunto foram levantados detalhadamente somente em poucas espécies, sendo escassos os dados sobre o sistema respiratório de répteis. No presente projeto se pretende estudar em espécies de diferentes famílias de tartarugas os seguintes aspectos do sistema respiratório: padrão de ventilação; mecânica de ventilação, determinando a complacência estática e a complacência dinâmica; custo metabólico de ventilação; dados morfológicos descrevendo o sistema respiratório e suas estruturas associadas. A integração desses dados morfológicos com a mecânica de ventilação, os custos metabólicos de ventilação e a determinação do consumo de oxigênio e produção de gás carbônico poderão elucidar o funcionamento e a importância do sistema respiratório em tartarugas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TREVIZAN-BAU, PEDRO; ABE, AUGUSTO S.; KLEIN, WILFRIED. Effects of environmental hypoxia and hypercarbia on ventilation and gas exchange in Testudines. PeerJ, v. 6, JUL 11 2018. Citações Web of Science: 2.
CORDEIRO, TABATA E. F.; ABE, AUGUSTO S.; KLEIN, WILFRIED. Ventilation and gas exchange in two turtles: Podocnemis unifilis and Phrynops geoffroanus (Testudines: Pleurodira). Respiratory Physiology & Neurobiology, v. 224, n. SI, p. 125-131, APR 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.