Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de fatores antivirais e de retrovírus endógenos em mães infectadas por HIV-1 e recém-natos

Processo: 12/18837-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Maria Notomi Sato
Beneficiário:Maria Notomi Sato
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/03471-4 - Expressão de fatores antivirais e de retrovírus endógeno em mães infectadas por HIV e recém-natos, BP.TT
Assunto(s):Imunidade celular  HIV-1  Imunidade inata  Antivirais  Retrovirus endógenos  Receptores toll-like  Ligantes 

Resumo

A interface materno-fetal é o principal sítio de imunorregulação na gestação, mediado por células e fatores necessários para a manutenção e desenvolvimento do feto semi-alogênico. Na vigência de uma infecção crônica, como o HIV, estes mecanismos de tolerância devem desenvolver, um papel crucial para a proteção do feto e neonato, uma vez que uma grande parcela dos infantes (65-80%) nascidos de mães infectadas por HIV, que mesmo na ausência de tratamento, não adquire a infecção (CDC 2007).A investigação do binômio mãe-RN na infecção por HIV é uma importante oportunidade para avaliar os mecanismos imunológicos, principalmente os relacionados com imunidade inata. A proposta do projeto é avaliar a resposta imune inata de mães infectadas por HIV-1 e seus recém-natos, pela expressão dos fatores antivirais e averiguar o potencial modulatório de agonistas de receptores Toll-like. Avaliar também a influência da expressão de retrovírus endógenos (HERV-K) na expressão dos fatores antivirais. Para tal, será analisada a expressão transcricional de fatores antivirais (APOBEC3F e 3G, TRIM- 5alfa,TRIM22, alfa1 defensina, teterina, MxA, IFN-beta) e de fatores virais, Gag do HIV e Gag de HERV-K em células mononucleares (CMN) do sangue periférico da mãe, do cordão umbilical e tecido placentário. Será avaliada também a expressão proteica de fatores antivirais (APOBEC3F e 3G, TRIM- 5alfa) e virais(HIV e HERV-K).O potencial modulatório de agonistas de receptores Toll-like na expressão de fatores antivirais, será analisado em CMN estimuladas por agonistas de TLR3, TLR7 e TLR7/8 pela expressão de RNAm e proteica de fatores antivirais e viral da região Gag (HIV e HERV-K) e pela produção de quimiocinas/citocinas. A frequência de células TCD4+ e TCD8+ naive, memória central e periférica que expressam APOBEC3G e IFN-alfa, TNF-alfa, MIP-1alfa serão avaliadas após estimulação por agonistas de TLR7/8, HERV-K e p24 da região Gag do HIV-1. A compreensão da resposta imune inata, com ênfase aos fatores antivirais e de retrovírus endógeno e sua modulação por ligantes de TLRs, pode promover possíveis correlatos de proteção e fornecer subsídios para desenvolver novas formulações de vacinas anti-HIV. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, NATALLI ZANETE; CARDOSO, ELAINE CRISTINA; DA SILVA OLIVEIRA, LUANDA MARA; DE LIMA, JOSENILSON FEITOSA; CALVIELLI CASTELO BRANCO, ANNA CLAUDIA; DE SOUZA AVEIRO RUOCCO, ROSA MARIA; ZUGAIB, MARCELO; DE OLIVEIRA FILHO, JOAO BOSCO; DA SILVA DUARTE, ALBERTO JOSE; SATO, MARIA NOTOMI. Upregulation of Innate Antiviral Restricting Factor Expression in the Cord Blood and Decidual Tissue of HIV-Infected Mothers. PLoS One, v. 8, n. 12 DEC 18 2013. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.