Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel de microRNAs em carcinomas de vulva: do perfil de expressão tumoral ao estudo in vitro

Processo: 12/13832-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Rafael Malagoli Rocha
Beneficiário:Rafael Malagoli Rocha
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de diagnóstico molecular  Neoplasias vulvares  Carcinoma de células escamosas  Perfilação da expressão gênica  MicroRNAs  Imuno-histoquímica 

Resumo

O carcinoma de vulva é um tumor ginecológico raro cuja escassez de informações biológicas torna veemente a necessidade de se identificar moléculas que possibilitem a compreensão dos mecanismos atuantes neste tipo de tumor, tais como os microRNAs, cuja expressão desregulada tem sido demonstrada como um dois maiores determinantes da tumorigênese. Objetivos: Realizar a caracterização do perfil de expressão de miRNAs em amostras de carcinomas de vulva na presença e ausência de HPVs de alto risco. Métodos: Quarenta amostras de carcinomas de células escamosas de vulva serão selecionadas, sendo 20 amostras HPV positivas e 20 HPV negativas. Dez amostras de bordas normais serão microdissecadas para a construção de um pool a ser usado como controle não-tumoral global. A identificação dos miRNAs diferencialmente expressos nas diferentes amostras será realizada por qRT-PCR através do sistema de cartões TaqMan human microRNA array 2.0 A+B. Serão, ainda, realizados a validação dos miRNAs selecionados em tecido a fresco, a busca in silico de possíveis alvos gênicos destes miRNAs por meio de algoritmos como o miRWalk, miRanda, PicTar, miRBase e TargetScan e testes de atividade biológica dos miRNAs eleitos em cultura celular de vulva (SW-954), bem como a avaliação da expressão gênica dos alvos destes miRNAs por qRT-PCR, análise de expressão gênica em larga escala, e protéica por imunocitoquímica. (AU)