Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do comportamento de interferentes endócrinos na água e em sedimentos formulados por meio de análises químicas e ensaios ecotoxicológicos: ênfase para a recuperação biológica

Processo: 12/14583-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Renata Fracácio Francisco
Beneficiário:Renata Fracácio Francisco
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Pesq. associados:André Henrique Rosa ; Leandro Cardoso de Morais ; Leonardo Fernandes Fraceto ; Valquiria de Campos ; Viviane Moschini Carlos
Assunto(s):Ecotoxicologia  Ecologia aquática  Histologia  Histoquímica  Substâncias húmicas  Peixes  Testes de toxicidade 

Resumo

Substâncias químicas com potenciais para desregular os sistemas endócrinos de vertebrados e de invertebrados têm sido detectadas em ambientes aquáticos do mundo todo em concentrações na ordem de ppb (parte por bilhão). Dentre eles destacam-se os hormônios naturais e artificiais, presentes em esgotos domésticos que são lançados no ambiente aquático sem tratamento ou com tratamento ineficiente para a sua remoção. Diante dessa questão, a presente pesquisa tem como objetivo avaliar a toxicidade dos IE (interferentes endócrinos) 17B-estradiol (E2) e 17-a-Etinilestradiol (EE2) sobre peixes da espécie Danio rerio e anfípoda da espécie Hyalella azteca, expostos por período crônico em águas e em sedimentos formulados e contaminados, em laboratório. A capacidade de esses poluentes serem adsorvidos por substâncias húmicas aquáticas, carvões ativados e zeólitas, na água, serão avaliados por análises químicas em cromatográfico gasoso acoplado ao espectro de massa (GC-MS) e a eficiência ecotoxicológica dessa remoção será investigada por meio de ensaio de recuperação biológica, expondo-se os mesmos organismos nas concentrações após os referidos tratamentos com materiais adsortivos. Em peixes, os parâmetros a serem avaliados serão análises histológicas de gônadas, análise de vitelogenina por método histoquímico (fígado de machos adultos), índice gonadossomático e índice hepatossomático. Nos testes com sedimentos será avaliado o comportamento químico dos IE (interface água e sedimento) que possibilitará ajustes metodológicos para manter a concentração do sedimento constante para estudo da toxicidade com base nos parâmetros crescimento, reprodução e histologia, tanto na geração parental como na geração F1 da H. azteca. Experimentos de recuperação biológica serão realizados, expondo-se os organismos por igual período a sedimentos livres de contaminantes, avaliando-se os mesmos parâmetros ecotoxicológicos. Os experimentos de recuperação biológica contribuirão para detectar uma margem de concentração segura dos IE visando à proteção da vida aquática. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIRA, VIVIAN SILVA; WATANABE, CLAUDIA HITOMI; CARVALHO, MARCELA MERIDES; ROSA, ANDRE HENRIQUE; FRACACIO, RENATA. The Effects of Sediment Classification Pattern on a Water Column Organism, Ceriodaphnia dubia. Bulletin of Environmental Contamination and Toxicology, v. 100, n. 6, p. 778-785, JUN 2018. Citações Web of Science: 0.
POLLONI-SILVA, JULIANA; VALDEHITA, ANA; FRACACIO, RENATA; NAVAS, JOSE M. Remediation efficiency of three treatments on water polluted with endocrine disruptors: Assessment by means of in vitro techniques. Chemosphere, v. 173, p. 267-274, APR 2017. Citações Web of Science: 0.
LIRA, VIVIAN SILVA; MOREIRA, INGRITT CAROLINE; TONELLO, PAULO SERGIO; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO A.; FRACACIO, RENATA. Evaluation of the Ecotoxicological Effects of Microcystis aeruginosa and Cylindrospermopsis raciborskii on Ceriodaphnia dubia Before and After Treatment with Ultrasound. WATER AIR AND SOIL POLLUTION, v. 228, n. 1 JAN 2017. Citações Web of Science: 1.
MARCELA MERIDES CARVALHO; VIVIAN SILVA LIRA; CLÁUDIA HITOMI WATANABE; RENATA FRACÁCIO. Estudo da toxicidade de metais (zinco e cádmio) sobre Ceriodaphnia dubia, por multivias de exposição e recuperação biológica de descendentes. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 22, n. 5, p. -, Out. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.