Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de proteínas relacionadas a apoptose em linfócitos, monócitos e células NK de pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil

Processo: 12/22997-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Bernadete de Lourdes Liphaus
Beneficiário:Bernadete de Lourdes Liphaus
Instituição-sede: Instituto da Criança Professor Doutor Pedro de Alcantara (ICR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Cláudia Augusta Zago ; Claudia Goldenstein Schainberg ; Clovis Artur Almeida da Silva ; Magda Maria Sales Carneiro-Sampaio ; Patricia Palmeira Daenekas Jorge
Assunto(s):Doenças autoimunes  Lúpus eritematoso sistêmico  Depleção linfocítica  Interleucinas  Apoptose  Citometria de fluxo 

Resumo

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é considerado protótipo de doença autoimune sistêmica. A disfunção imune observada no LES envolve não só linfócitos T e B, mas também elementos do sistema imune inato como as células dendríticas e as proteínas do sistema complemento. A autoimunidade ocorre quando há perda da tolerância imune, a qual é mediada por falha na depleção de células autoreativas. O principal mecanismo responsável pela depleção de células autoreativas é a apoptose ou morte celular programada. A morte celular por apoptose pode ser iniciada por duas vias distintas: a via extrínseca que se inicia com a agregação de receptores de morte e a via intrínseca que se inicia com a liberação de fatores mitocondriais. Nos pacientes com LES observa-se aumento na proporção de linfócitos periféricos apoptóticos, alterações nas expressões celulares e nas concentrações séricas das proteínas relacionadas a apoptose, caracterizando um estado pró-apoptótico. O presente estudo tem por objetivo avaliar em pacientes com LES Juvenil; 1- as expressões das proteínas relacionadas a apoptose das vias extrínseca, intrínseca e final comum em células mononucleares, 2- as concentrações séricas destas proteínas, 3- correlacionar os resultados aos parâmetros de atividade e dano da doença e 4- determinar as concentrações das interleucinas pró- e anti-inflamatórias em culturas de células mononucleares com e sem estímulo de ativação celular. As expressões, citoplasmática e em membrana, das diferentes proteínas relacionadas a apoptose e as concentrações das interleucinas nas culturas celulares com e sem estímulo de ativação serão determinadas por meio da citometria de fluxo. Os valores séricos das proteínas relacionadas a apoptose serão quantificados por meio da técnica de ELISA com a utilização de kits comerciais. Deste modo, este estudo contribuirá com o conhecimento da correlação entre a expressão celular e os níveis séricos das proteínas relacionadas a apoptose nas diferentes populações e subpopulações celulares, e proporcionará novas perspectivas em relação ao conhecimento da etiopatogenia do LES Juvenil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIPHAUS, BERNADETE L.; LIMA, LAILA; PALMEIRA, PATRICIA; SILVA, CLOVIS A.; GOLDENSTEIN-SCHAINBERG, CLAUDIA; CARNEIRO-SAMPAIO, MAGDA. Increased sMer, but not sAxl, sTyro3, and Gas6 relate with active disease in juvenile systemic lupus erythematosus. CLINICAL RHEUMATOLOGY, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
LIPHAUS, BERNADETE L.; SALLUM, ADRIANA E. M.; AIKAWA, NADIA E.; KISS, MARIA HELENA B.; CARRASCO, SOLANGE; PALMEIRA, PATRICIA; LIMA, LAILA; SILVA, CLOVIS A.; GOLDENSTEIN-SCHAINBERG, CLAUDIA; CARNEIRO-SAMPAIO, MAGDA. Increased Soluble Cytoplasmic Bcl-2 Protein Serum Levels and Expression and Decreased Fas Expression in Lymphocytes and Monocytes in Juvenile Dermatomyositis. JOURNAL OF RHEUMATOLOGY, v. 45, n. 11, p. 1577-1580, NOV 1 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.