Busca avançada
Ano de início
Entree

Crianças em situação de risco social: limites e necessidades da atuação do profissional de saúde

Resumo

A região central do município de São Paulo concentra um número expressivo de crianças que vivem em situação de risco social - exposta às circunstâncias da pobreza, violência, uso de drogas, vivência de rua, entre outras. O Estatuto da Criança e do Adolescente preconiza que o estado é responsável pela elaboração de políticas públicas que garantam a prioridade de atendimento e integralidade nas ações e serviços sociais, dentre eles os de saúde. O efetivo atendimento desta população requer dos profissionais ações específicas, para as quais não se encontram capacitados, atuam isoladamente e sem articulação com uma rede social. O objetivo geral deste estudo é criar estratégias para melhorar a acessibilidade de crianças em situação de risco social aos serviços de saúde, articulando-os com os serviços de assistência social. O estudo focará o profissional de saúde, através de um processo de 'pesquisa - ação', para mapear as suas necessidades e dificuldades no atendimento desta população, as intervenções existentes e a rede social. Buscará sensibilizar os atores da rede para a singularidade da população alvo e construir estratégias de acolhimento e integração das ações. Primeiro selecionaremos representantes do serviço local - grupo de trabalho (GT), que participarão de um workshop sobre crianças em situação de risco social e construirão instrumentos para mapear a rede social. Os resultados serão discutidos em seminário com os diversos atores sociais envolvidos com a questão, visando elaborar estratégias específicas e conceber instrumentos de pesquisa para ser aplicados aos profissionais de saúde envolvidos no atendimento dessas crianças, identificando questões em relação à capacitação/formação, momentos de aglutinação/integração, articulação e fomento da rede social, estabelecendo diretrizes para políticas públicas na área de atendimento à saúde integral da criança e suas famílias em situação de risco social. (AU)