Busca avançada
Ano de início
Entree

RTI - 2008 - Utilização dos recursos de reserva técnica institucional

Processo: 08/55247-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de setembro de 2008 - 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Benedito Carlos Maciel
Beneficiário:Benedito Carlos Maciel
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Infraestrutura de pesquisa  Manutenção de equipamento  Equipamentos multiusuários  Aquisição de materiais  Instalações elétricas  Instalações hidráulicas  Reformas em geral  Reserva técnica 

Resumo

Este projeto destina-se à utilização de recursos de reserva técnica de projetos da FMRP-USP submetidos à FAPESP durante o ano de 2007. Como prioridades para a utilização destes recursos, a congregação da FMRP-USP indicou: a) reformas de laboratório e outros despesas para infraestrutura de pesquisa; b) apoio à manutenção e melhoramentos em infraestrutura coletivas de apoio à pesquisa, tais como: biotério (exceto custos para compra de animais, que deverão fazer parte do orçamento ordinário do projeto como material de consumo), redes de informática, centros de manutenção de equipamentos (exceto o custo da manutenção específica de equipamentos que possa ser coberto com recursos da parcela para custos de infraestrutura direta do projeto ou mediante solicitação de auxílio à pesquisa para reparo de equipamentos), centros de processamento de dados, biblioteca, acervos documentais, museus, centrais de fornecimento de gases especiais, centrais de criogenia, facilidades para medidas e equipamentos compartilhados, centrais de instrumentação para apoio à pesquisa, oficinas mecânicas, eletrônicas e de vidraria de apoio à pesquisa, centrais de ar-condicionado, tratamento de resíduos e redes elétricas e hidráulicas para laboratórios de pesquisa, aplicando-se, em todos os casos; c) aquisição de equipamentos, livros e base de dados para manutenção de bibliotecas e mobiliário; d) organização de cursos para atualização dos técnicos dedicados à infraestrutura de pesquisa; e) despesas com importação. (AU)