Busca avançada
Ano de início
Entree

RTI - 2009 - Plano anual de aplicação de recursos de reserva técnica - parcela para custos de infraestrutura institucional para pesquisa da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP, ex 2009

Processo: 09/51442-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de julho de 2009 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Augusto César Cropanese Spadaro
Beneficiário:Augusto César Cropanese Spadaro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Infraestrutura de pesquisa  Infraestrutura de rede  Rede lógica  Instalações elétricas  Instalações hidráulicas  Prevenção e proteção contra incêndios  Reserva técnica 

Resumo

A ênfase da aplicação dos recursos estará no sistema de cabeamento estruturado (CAT 6) que permitirá preparar a faculdade para a transmissão de dados, voz e imagem com velocidade superior em até 10 vezes a atual, tendo em vista que na última década o processamento de informações baseado em redes de computadores cresceu exponencialmente, principalmente devido a diversificação de aplicações que a utiliza. Assim, a elaboração de um plano diretor destinado a preparar a unidade para os próximos anos na sua rede lógica é de fundamental importância para o contínuo desenvolvimento da pesquisa. Como obtivemos excelentes resultados quanto ao projeto de economia de água e energia elétrica gerados pela compra de purificadores de água tipo 11 adquiridos no projeto FAPESP relativo ao período (2007-2008), pretende-se aplicar parte dos recursos na aquisição e distribuição de mais alguns aparelhos de osmose reversa nos laboratórios de pesquisa ainda não aquinhoados, bem como adquirir acessórios necessários ao seu uso. Além disso, pretendemos investir em um projeto de prevenção e combate a incêndio nos laboratórios de pesquisa; aprimorar o sistema de vigilância eletrônica para aumentar a segurança dos docentes, alunos e funcionários que frequentam a faculdade, já que muitos laboratórios de pesquisa continuam suas atividades no período noturno e realizar a troca de eletrocalhas e cabeamento para permitir a instalação de rede estruturada (sistema de transmissão de dados, voz e imagem) com cabos da categoria (CAT 6). As câmeras de vigilância IP estão relacionadas ao cabeamento mencionado. Como ocorreu nos anos anteriores pretende-se também atender as necessidades de materiais de consumo e serviço de terceiros, principalmente dos pesquisadores que originaram os recursos de reserva técnica. (AU)