Busca avançada
Ano de início
Entree

RTI - 2011 - Plano anual de aplicação da parcela da reserva técnica para custos de infraestrutura

Processo: 11/51190-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Luiz Juliano Neto
Beneficiário:Luiz Juliano Neto
Instituição-sede: Fundação Parque Zoológico de São Paulo (ZOO). Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bactérias  Micro-organismos 

Resumo

O objetivo geral deste projeto é isolar conhecer, preservar e caracterizar microrganismos da compostagem e das águas da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Os dados preliminares demonstram que os métodos tradicionais de isolamento e preservação podem ser utilizados na prospecção dos microrganismos cultiváveis da compostagem, no entanto, estima-se que a maior parte dos microrganismos que habitam este material não seja passível de cultivo. Os microrganismos isolados serão identificados por espectrometria de massa (MALDl/TOF-MS), uma metodologia que está sendo implementada no laboratório de Biofísica do INFAR/UNIFESP. As identificações serão validadas pelo sequenciamento da subunidade menor do ribossomo (SSU rDNA). Os microrganismos isolados da compostagem serão testados para produção de enzimas de grande interesse industrial, como as celulases, xilanases, ligninases, queratinases, amilases e proteases, e também quanto à produção de inibidores de algumas destas enzimas. Paralelamente, a diversidade microbiana não cultivável será avaliada através de pirosequenciamento do DNA total extraído desta material em diferentes fases do processo de maturação da compostagem, utilizando-se o sequenciador 454/Roche instalado no Centro Avançado de Tecnologias em Genômica (CATG) do Departamento de Bioquímica do Instituto de Química da USP (IQUSP). A análise in silico das sequencias deverá gerar uma coleção de genes preditos. Estes serão comparados com genes das famílias das enzimas de interesse industrial, com o objetivo de encontrar novos membros destas famílias gênicas, homólogos eventualmente presentes nos organismos não isoláveis da compostagem. A expectativa é que este projeto de pesquisa gere novas ferramentas de aplicação biotecnológica, uma coleção de microrganismos isolados, além de informações sobre genomas microbianos, todos provenientes de um nicho ecológico ainda não explorado, o que representa um grande patrimônio genético para a comunidade científica. (AU)