Busca avançada
Ano de início
Entree

RTI - 2009 - Sistema de gerenciamento programático de energia elétrica do campus da UNESP de Rio Claro visando infra-estrutura qualificada para o desenvolvimento de pesquisa

Processo: 09/54501-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de abril de 2010 - 31 de outubro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Santana
Beneficiário:Luiz Carlos Santana
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil

Resumo

Parte da reserva técnica institucional do Instituto de Biociências, exercício 2009, deverá ser destinada aos pesquisadores cujos projetos de pesquisa, financiados pela FAPESP, deram origem à Reserva Técnica Institucional, para investimento de infraestrutura, visando garantir a execução dos referidos projetos. A outra parte deverá ser destinada a um Projeto Institucional de gerenciamento programática de energia elétrica do campus da UNESP de Rio Claro. O sistema de gerenciamento programático de energia elétrica do campus deverá proporcionar e garantir o uso adequado e racional de energia, melhorando a qualidade da mesma bem como a redução de custos o que favorecerá a aplicação dos recursos economizados nas atividades fins da universidade, dentre as quais se ressalta a pesquisa. O sistema proposto deverá otimizar o fator de carga global do campus, supervisionar, controlar e gerenciar a energia. Além disto, o remanejamento dos alimentadores dos aparelhos de ar condicionado para um quadro de distribuição específico possibilitará uma melhora significativa na qualidade da energia elétrica fornecida aos laboratórios de pesquisa e a outras áreas afins no âmbito da universidade. Tal procedimento deverá tomar o sistema mais confiável, robusto e diminuindo a incidência de ruídos elétricos sobre equipamentos sensíveis. O sistema proposto permitirá executar o controle da demanda; o controle do consumo bem como outros controles especiais, preservando os equipamentos de pesquisa. O uso da reserva técnica institucional, conforme aprovado pela congregação da unidade, deverá contribuir de forma ainda mais significativa para o desenvolvimento qualificado das pesquisas desenvolvidas no Instituto de Biociências, apoiadas mais uma vez pela FAPESP. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.