Busca avançada
Ano de início
Entree

RTI 2010 - Plano anual de aplicação da parcela institucional da reserva técnica - Estações agrometeorológicas automáticas

Processo: 10/52727-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de julho de 2011 - 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometeorologia
Pesquisador responsável:João Francisco Escobedo
Beneficiário:João Francisco Escobedo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Monitoramento ambiental 

Resumo

O objetivo do projeto é instalar no campus da Faculdade de Ciências Agronômicas, três estações automáticas fixas e uma móvel para modernizar a obtenção de dados meteorológicos, climáticos e ambientais da FCA e auxiliar em pesquisas e experimentos em diversas localidades. A primeira estação será instalada dentro do campus experimental da FCA e vai medir todas as variáveis climáticas a nível de superfície e a 10 metros de altura. Os dados serão disponibilizados diariamente a todas as pesquisas desenvolvidas na área agronômica dentro do campus universitário. A segunda estação será instalada na Fazenda Experimental de São Manuel da FCA, a qual diariamente, irá monitorar os elementos climáticos do local e os dados gerados serão disponíveis para auxiliar as pesquisas desenvolvidas baseadas em culturas de ciclos anual e perene. A terceira será instalada na Fazenda Experimental Edigárdia da FCA, onde se desenvolve pesquisas nas áreas Florestal, Agronômica e Zootécnica. Seus dados serão disponibilizados diariamente para os projetos de pesquisa nas áreas citadas. A quarta estação (móvel) será utilizada em experimentos localizados em áreas específicas, em que os experimentos serão realizados em curto período de tempo, sejam relacionados a clima, solo, manejo, irrigação. A responsabilidade da manutenção das estações, gerenciamento dos dados e disponibilização dos dados será do Grupo de Radiação Solar, que já possui um laboratório de Radiometria Solar totalmente automatizado e financiado pela FAPESP ao longo dos últimos 20 anos. (AU)