Busca avançada
Ano de início
Entree

Disponibilidade ruminal de amido, teor e degradabilidade da proteína bruta em dietas a base de silagem cana-de-açúcar para vacas leiteiras

Resumo

O bom funcionamento ruminal com consequente, alta produção de leite são dependentes do fornecimento de energia e proteína metabolizável na dieta. Um dos principais pontos buscados na nutrição de vacas leiteiras é o entendimento dos fatores que influenciam a eficiência de aproveitamento das frações proteicas em relação ao fornecimento de fontes energéticas para suprir as necessidades dos animais. Este projeto será conduzido em três experimentos, os quais terão por objetivo avaliar o efeito da substituição de milho seco moído (MSM) por milho moído, reidratado e ensilado (MRE) em dietas com silagem de cana-de-açúcar como volumo. Serão avaliados níveis crescentes do teor (12, 14, 16 e 18%) e degradabilidade da PB da dieta (60:40, 70:30, 80:20 e 90:10, relação PDR:PNDR) com inclusão do MRE sobre o consumo, produção e composição de leite, parâmetros ruminais e perfil metabólico. O MRE será obtido por meio da moagem do milho seco e posterior recuperação de 30% de umidade através da adição de água com inoculante bacteriano (Lactobacilus plantarum e Lactobacilus bruchneri) e submetido à ensilagem. Serão utilizadas 12 vacas da raça Holandesa, multíparas, em fase intermediária de lactação e 22,0 kg de leite/dia, agrupadas em três quadrados latinos 4x4 balanceados e contemporâneos, com período experimental de 21 dias, sendo 14 para adaptação às dietas e os demais para coletas. Serão realizadas coletas de sangue no 16° dia de cada período experimental para dosagem de parâmetros sanguíneos. Amostras de leite para análise da composição, contagem de células somáticas, compostos nitrogenados totais, alantoína e ureia serão coletadas nas ordenhas da manhã e da tarde durante os últimos sete dias de cada período experimental. Amostras spot de urina serão coletadas no 16° dia de cada período para estimativa da síntese microbiana. Análises de pH, ácidos graxos de cadeia curta e nitrogênio amoniacal serão realizadas a partir de amostras de líquido ruminal coletadas por sonda esofágica no 19° dia de cada período experimental. A digestibilidade será determinada por meio de indicador interno FDAi após coleta de fezes do 15° ao 18° dia de cada período experimental. De forma geral, espera-se com os resultados do presente projeto, contribuir cientificamente para o melhor entendimento da eficiência do uso de fontes de amido em relação à fonte, teor e degradabilidade de proteína em dietas com silagem de cana-de-açúcar como volumoso. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ARCARI, M. A.; MARTINS, C. M. M. R.; TOMAZI, T.; GONCALVES, J. L.; SANTOS, M. V. Effect of substituting dry corn with rehydrated ensiled corn on dairy cow milk yield and nutrient digestibility. ANIMAL FEED SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 221, n. A, p. 167-173, NOV 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.