Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da hemodinâmica cerebral pelo Doppler transcraniano em adultos com anemia falciforme

Processo: 11/19049-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2013 - 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Rubens José Gagliardi
Beneficiário:Rubens José Gagliardi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurologia  Acidente vascular cerebral  Anemia falciforme  Ultrassonografia Doppler transcraniana 

Resumo

A doença cerebrovascular é uma complicação comum e grave na Anemia Falciforme (AF), e o manejo dessa complicação neurológicas tem sido direcionado com maior ênfase na prevenção primária do Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCi) em crianças de 2 a 16 anos de idade. O estudo sobre a prevenção do AVC na AF (Stroke Prevention Trial in Sickle Cell Disease - Estudo STOP I 1998) possibilitou a identificação de crianças com maior risco de evento cerebral agudo e reduziu a ocorrência de AVCi de 10% para menos de 1% ao ano. Além disso, o pronto diagnóstico e tratamento com regime regular de transfusão de hemácias reduziu o risco de recorrência de novo evento cerebral agudo em 92%. O Doppler transcraniano (DTC) atualmente é um método de baixo custo e não invasivo para avaliar risco de AVCi em doentes com AF sendo recomendado para crianças com idades entre 2 e 16 anos de idade.A expectativa de vida de doentes com AF tem aumentado com a melhora da prevenção e do tratamento de suas complicações. Todavia, não é possível a utilização dos critérios do Estudo STOP, obtidos através do DTC, para estratificar o risco de AVC em maiores de 17 anos de idade.Nos últimos anos é crescente os numerosos estudos sobre o tema e crescente melhora do prognóstico desses doentes. Entretanto, existem poucos dados sobre o uso do DTC em adultos e não há até o momento, estudos prospectivos de longo prazo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS, MICHELE DEVIDO; CAVENAGHI, VITOR BRESEGHELLO; MACHADO GOYANO MAC-KAY, ANA PAULA; SERAFIM, VITOR; VENTURI, ALEXANDRE; TRUONG, DENNIS QUANGVINH; HUANG, YU; BOGGIO, PAULO SERGIO; FREGNI, FELIPE; SIMIS, MARCEL; BIKSON, MAROM; GAGLIARDI, RUBENS JOSE. Non-invasive brain stimulation and computational models in post-stroke aphasic patients: single session of transcranial magnetic stimulation and transcranial direct current stimulation. A randomized clinical trial. São Paulo Medical Journal, v. 135, n. 5, p. 475-480, SEP-OCT 2017. Citações Web of Science: 7.
MICHELE DEVIDO DOS SANTOS; VITOR BRESEGHELLO CAVENAGHI; ANA PAULA MACHADO GOYANO MAC-KAY; VITOR SERAFIM; ALEXANDRE VENTURI; DENNIS QUANGVINH TRUONG; YU HUANG; PAULO SÉRGIO BOGGIO; FELIPE FREGNI; MARCEL SIMIS; MAROM BIKSON; RUBENS JOSÉ GAGLIARDI. Non-invasive brain stimulation and computational models in post-stroke aphasic patients: single session of transcranial magnetic stimulation and transcranial direct current stimulation. A randomized clinical trial. São Paulo Medical Journal, v. 135, n. 5, p. -, Out. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.