Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos fatores que potencialmente afetam a suscetibilidade de populações nativas de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) a toxinas Cry de Bacillus Thuringiensis

Resumo

Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) é a praga mais importante de crucíferas em todo o mundo e tanto inseticidas sintéticos e biológicos são utilizados no seu controle. Os biopesticidas mais comuns utilizados para controlar P. xylostella são baseados na bactéria entomopatogênica Bacillus thuringiensis (Bt), mas existem relatos de variações na suscetibilidade a Bt entre diferentes populações de P. xylostella e elevados níveis de resistência no campo e laboratório. Recentemente, pesquisadores têm destacado que a composição da flora do intestino médio pode afetar a suscetibilidade de insetos ao Bt e algumas dúvidas sobre o modo de ação desta bactéria surgiram devido ao novo modelo proposto para a interação inseto x Bt, possivelmente envolvendo o gene ABCC2 como transportador da toxina nas microvilosidades apicais das células do intestino médio do inseto. O objetivo desta pesquisa é obter informações sobre esses fatores recentemente identificados que podem afetar a suscetibilidade dos insetos ao Bt (bactérias do intestino médio e que o transportador ABCC2) e investigar possíveis correlações entre estes, outros parâmetros fisiológicos, e a susceptibilidade de lagartas de cinco populações brasileiras de P. xylostella a três toxinas Bt (Cry1Ac, Cry1Ie Cry2Aa e), que possuem diferentes receptores no intestino médio deste inseto. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)