Busca avançada
Ano de início
Entree

Vivência de graduandos de enfermagem no uso do ambiente virtual de aprendizagem

Processo: 12/24089-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2013 - 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Heloisa Helena Ciqueto Peres
Beneficiário:Heloisa Helena Ciqueto Peres
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Marcos Antonio da Eira Frias
Assunto(s):Educação em enfermagem  Informática em enfermagem  Tecnologia educacional  Plataformas de ensino e aprendizagem  Estudantes de enfermagem 

Resumo

Este estudo terá como trajetória desvelar o fenômeno do uso do ambiente virtual de aprendizagem a partir dos graduandos de enfermagem de uma Universidade particular do município de São Paulo. Assim, com o objetivo de compreender como os graduandos de enfermagem vivenciam o uso do ambiente virtual de aprendizagem em sua formação como enfermeiro, será identificado o típico da vivência dos alunos em ações que envolvem o uso das ferramentas digitais no ensino de enfermagem. A proposta de investigação fundamenta-se no referencial teórico metodológico da sociologia fenomenológica de Alfred Schutz, considerando que as pessoas expressam em suas ações socialmente vividas os significados dessas vivências. Os depoimentos dos sujeitos que vivenciam o fenômeno serão obtidos a partir de entrevistas fenomenológicas norteadas pelas seguintes questões orientadoras: 1) Como tem sido sua vivência no uso da plataforma Moodle na sua formação de enfermagem? 2) Como tem sido sua participação na realização das atividades no AVA? 3) O que você espera com o uso do AVA para a sua formação em enfermagem? Na análise dos depoimentos será construído o tipo vivido dos graduandos no uso do ambiente virtual de aprendizagem na sua formação como enfermeiro. Este estudo contribuirá para a compreensão do uso da tecnologia de informação e comunicação como recurso de ensino, desvelando a realidade do mundo digital a partir dos processos educacionais de enfermagem como gerador de potencialidade que abre novas possibilidades para produzir conhecimento inovador. (AU)