Busca avançada
Ano de início
Entree

LEONA: rede colaborativa na América Latina para a investigação de eventos luminosos transientes e emissões de alta energia de tempestades

Resumo

Este projeto visa o estabelecimento da Rede Colaborativa LEONA para estudar o acoplamento eletrodinâmico das camadas atmosféricas sinalizado por Eventos Luminosos Transientes - ELTs, e Emissões de Alta Energia de Tempestades - HEETs. Nós iremos desenvolver e instalar uma rede de câmeras controladas remotamente para a observação de ELTs em diferentes lugares na América do Sul, e um detector de nêutrons no Brasil. As câmeras permitirão construir um conjunto de dados dos fenômenos estudados neste continente. Os dois primeiros protótipos da rede já estão instalados, no Brasil e no Peru. Nós esperamos determinar a distribuição geográfica dos ELTs, sua taxa de ocorrência, morfologia, e possível acoplamento com outros fenômenos geofísicos, como a Anomalia Magnética do Atlântico Sul - SAMA. Também esperamos estudar HEETs numa região de intensa atividade elétrica, medindo as emissões de nêutrons pela primeira vez na América do Sul, e dessa forma abordar uma questão "quente" em Física, uma vez que seu mecanismo de geração é completamente desconhecido. Ademais, um detector de nêutrons tem muito mais aplicações, como o estudo da modulação solar e outros efeitos atmosféricos. Utilizando uma câmera de alta velocidade intensificada para observação de ELTs em 2 campanhas, nós esperamos ser capazes de determinar vários parâmetros do desenvolvimento espaço-temporal dos ELTs observados. A câmera foi adquirida via o projeto da FAPESP DEELUMINOS (2005-2010), que também nucleou o nosso grupo de pesquisa ACATMOS, i.e. Acoplamento Eletrodinâmico Atmosférico e Espacial. A LEONA irá nuclear essa pesquisa em outras instituições do Brasil e países da América do Sul, dando continuidade a essa importante pesquisa em nossa região. A rede de câmeras será uma ferramenta única para realizar observações de ELTs consistentes de longo termo, e de fato é o único meio de acumular um conjunto de dados para estudos climatológicos na América do Sul, uma vez que a instrumentação de satélite é desligada nessa região de modo a evitar danos devido à precipitação de partículas energéticas na SAMA. Portanto, esse projeto não é apenas um potencial marco na pesquisa de ELTs criando a rede colaborativa na América Latina e nucleando essa pesquisa localmente, é também estratégico uma vez que a rede de câmeras da LEONA será capaz de prover informação extremamente valiosa para preencher essa lacuna deixada pelos satélites. Além disso, nós tentaremos fazer observações simultâneas de HEETs, ELTs e relâmpagos pela primeira vez na história. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Novas luzes acima das tempestades 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DINIZ, G.; RUTJES, C.; EBERT, U.; FERREIRA, I. S.; SAO SABBAS, E. F. M. T. Modeling Neutron Emissions in High Energy Atmospheric Phenomena. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-ATMOSPHERES, v. 123, n. 22, p. 12726-12737, DEC 13 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.