Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação das plaquetas na gênese da dor inflamatória: estudo da mediação química e celular

Processo: 12/24621-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2013 - 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Renata Giorgi
Beneficiário:Renata Giorgi
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiopatologia animal  Plaquetas sanguíneas  Hiperalgesia  Inflamação  Hemostasia  Nociceptividade 

Resumo

As plaquetas são pequenas células sanguíneas conhecidas pela sua importância no processo de hemostasia e reparação tecidual. Paulatinamente, a função e importância dessas células no processo inflamatório têm sido reveladas, porém pouco se conhece sobre a participação das plaquetas na gênese da dor. Estudos recentes desenvolvidos pelo nosso grupo demonstraram que a depleção de plaquetas em ratos inibe a hiperalgesia induzida pela carragenina e pelo veneno de serpentes Bothrops jararaca. Observou-se também que a injeção intraplantar de plaquetas lavadas de rato (200×109 plaquetas/L) ou do seu conteúdo de secreção granular acarreta hiperalgesia mecânica em ratos submetidos ao modelo de pressão de pata. Estes dados sugerem que as plaquetas e seu conteúdo granular são de suma importância na gênese da hiperalgesia inflamatória. Contudo, os mecanismos envolvidos neste fenômeno não foram ainda investigados. Com base nestas informações, o presente projeto visa determinar a mediação molecular e celular envolvida na hiperalgesia induzida pelo conteúdo de secreção plaquetária, em ratos avaliados no modelo de pressão de pata. Serão empregados diferentes tratamentos farmacológicos, análises bioquímicas e histológicas para investigar os possíveis mediadores envolvidos nesta hiperalgesia, bem como a participação dos neutrófilos e das plaquetas circulantes neste efeito. Os resultados obtidos poderão auxiliar na compreensão do envolvimento das plaquetas na gênese da dor inflamatória, além de proporcionar novas abordagens terapêuticas para o tratamento de algias acompanhadas de distúrbios hemostáticos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.