Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo morfofuncional e molecular da função erétil e do baixo trato urinário em ratos com insuficiência cardíaca crônica: avaliação da via de sinalização NO-GCs-GMPc

Processo: 11/21095-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de maio de 2013 - 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Mário Angelo Claudino
Beneficiário:Mário Angelo Claudino
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/20695-4 - Avaliação da reatividade do músculo liso cavernoso em ratos submetidos à alteração aguda do fluxo sanguíneo através do modelo de fístula aortocaval, BP.IC
16/24657-7 - Avaliação do inibidor da fosfodiesterase tipo-9 (PDE9) BAY 73-6691 na reatividade da musculatura lisa cavernosa em ratos com insuficiência cardíaca, BP.IC
15/12691-3 - Estudo morfofuncional e molecular da função erétil e do baixo trato urinário em ratos com insuficiência cardíaca crônica: avaliação da via de sinalização NO-GCs-GMPc, BP.TT
Assunto(s):Óxido nítrico  Disfunção erétil  Insuficiência cardíaca  Sistema urinário 

Resumo

A insuficiência cardíaca crônica (ICC) acomete 6,4 milhões de pessoas no Brasil tornando-se um desafio para a saúde pública. Trabalhos têm demonstrado uma forte associação de ICC com o desenvolvimento da disfunção erétil (DE) e sintomas do baixo trato urinário (LUTS). Estudos epidemiológicos demonstraram que 58-85% dos pacientes com ICC relataram algum episódio de DE. Sendo que, aproximadamente 75% destes pacientes relataram comprometimento da libido e 30% apresentam ausência completa de atividades sexuais. Além disso, estudos realizados em pacientes com ICC demonstraram que 32-34% dos homens e 41-62% das mulheres relataram ser portadoras de LUTS. Embora os índices de DE e LUTS em pacientes com ICC sejam elevados não há estudos experimentais ou em humanos avaliando os mecanismos responsáveis por estas disfunções urogenitais. Evidências mostram que a ICC, DE e LUTS apresentam fatores de riscos semelhantes como, diabetes mellitus e doenças cardiovasculares. Esses fatores de riscos estão associados à disfunção do sistema nervoso autônomo e alterações em importantes vias de sinalização como, a via do óxido nítrico-guanilil ciclase solúvel-guanosina monofosfato cíclico (NO-GCs-GMPc). Drogas foram sintetizadas para mimetizar o efeito exercido pelo NO, sendo divididas em dois grupos: os que atuam de maneira dependente de NO, inibindo a degradação de GMPc (sildenafil); e os que atuam de maneira independente de NO, elevando os níveis de GMPc (BAY 41-2272). O sildenafil tem sido utilizado para o tratamento de desordens associadas à ICC como a hipertensão pulmonar e a DE, porém, nenhum estudo avaliou o efeito dos inibidores de PDE5 nas demais disfunções urogenitais desses pacientes. Trabalhos mostraram que tanto o sildenafil como o BAY41-2272 causam relaxamento na musculatura lisa cavernosa (CC) e detrusor. O tratamento crônico com o BAY41-2272 também preveniu/melhorou o relaxamento do CC e restaurou a disfunção da bexiga urinária em ratos deficientes de NO. Portanto, tanto o sildenafil, como o BAY41-2272 podem ser agentes com potencial terapêutico em doenças onde exista o comprometimento da via NO-GCs-GMPc. Desta forma, o projeto propõe investigar as alterações da função erétil e do baixo trato urinário decorrente da insuficiência cardíaca crônica (ICC), procurando explorar as alterações morfofuncionais, bioquímicas e moleculares, bem como, as respostas relaxantes e contráteis do tecido erétil e da bexiga urinária e a medida da pressão intracavernosa e cistometria (in vivo). Além de, elucidar a contribuição dos tratamentos crônicos com agentes que atuam de maneira dependente e independente de NO (sildenafil e BAY 41-2272, respectivamente), procurando restaurar a via de sinalização NO-GCs-GMPc. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORA, A. G.; FURQUIM, S. R.; TARTAROTTI, S. P.; ANDRADE, D. R.; JANUSSI, S. C.; KRIKORIAN, K.; ROCHA, T.; FRANCO-PENTEADO, C. F.; PRIOLLI, D. G.; PRIVIERO, F. B. M.; CLAUDINO, M. A. Progression of micturition dysfunction associated with the development of heart failure in rats: Model of overactive bladder. Life Sciences, v. 226, p. 107-116, JUN 1 2019. Citações Web of Science: 0.
SILVA, FABIO HENRIQUE; REIS VEIGA, FREDERICO JOSE; MORA, ALINE GONCALVES; HECK, RODRIGO SADER; DE OLIVEIRA, CAROLINE CANDIDA; GAMBERO, ALESSANDRA; FRANCO-PENTEADO, CARLA FERNANDA; ANTUNES, EDSON; GARDNER, JASON D.; MARINHO PRIVIERO, FERNANDA BRUSCHI; CLAUDINO, MARIO ANGELO. A novel experimental model of erectile dysfunction in rats with heart failure using volume overload. PLoS One, v. 12, n. 11 NOV 2 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.