Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do exercício físico resistido no músculo esquelético e cardíaco de ratos Wistar submetidos a privação de sono paradoxal

Processo: 13/00152-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2013 - 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Hanna Karen Moreira Antunes
Beneficiário:Hanna Karen Moreira Antunes
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Pesq. associados:Kil Sun Lee ; Marco Túlio de Mello
Assunto(s):Exercício físico  Sistema musculoesquelético  Privação de sono  Coração 

Resumo

O sono é apontado pela literatura como um importante fator para a manutenção da saúde, atuando em processos de restauração e conservação de energia, consolidação de memória, proteção do funcionamento fisiológico orgânico e do sistema imune, além da saúde cardiovascular. Entretanto, modelos animais sugerem que alterações no sono causadas por privação, assim como por restrição do sono, estão associadas com importantes prejuízos em eixos hormonais específicos, destacando aumentos na secreção de corticosterona e reduções de testosterona, GH e IGF-1, além de aumento evidente da atividade simpática e da liberação de hormônios tireoidianos. Esse conjunto de alterações estabelece um ambiente essencialmente catabólico que pode causar uma série de prejuízos fisiológicos que podem ser percebidos tanto no tecido muscular esquelético quanto no tecido cardíaco. No tecido muscular, esse ambiente catabólico pode favorecer ao processo de atrofia muscular. Já no tecido cardíaco, parte dessas alterações pode estar relacionada a mudanças na via de um importante mensageiro intracelular, o Ca2+, interferindo desta forma em atividades como contratilidade, metabolismo, transporte, secreção e transcrição. Entre as estratégias utilizadas para minimizar essa condição, a prática do exercício físico, tem se destacado. Particularmente o exercício resistido, tem ganhado atenção devido às importantes adaptações fisiológicas decorrentes dessa atividade, destacando-se as alterações metabólicas e hormonais além dos eventos intracelulares propriamente ditos, que de forma isolada ou integrada podem responder pelos aumentos de força, da área de secção transversa e aumento ou manutenção da síntese de proteínas musculares, e hipertrofia fisiológica cardíaca (Concêntrica). Considerando o potencial efeito do exercício físico resistido na musculatura esquelética e cardíaca, o objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos do treinamento resistido no músculo esquelético e cardíaco de ratos Wistar submetidos à privação de sono paradoxal por 96 horas (PSP96). Para isso, serão utilizados ratos machos, Wistar, que serão submetidos a um protocolo de treinamento resistido de alta intensidade durante 8 semanas, seguido de um protocolo de privação de sono paradoxal por 96 horas pelo método de plataformas múltiplas modificado. Após esses procedimentos os animais serão eutanasiados, o sangue, o músculo gastrocnemio e o músculo cardíaco serão retirados para análises bioquímicas e histológicas. Para avaliação das respostas hormonais anabólicas e catabólicas, serão dosados os níveis de Testosterona, IGF-1, Corticosterona e hormônios da tireóide. A análise histológica do músculo esquelético e do músculo cardíaco será feita com hematoxilina e eosina (HE) e ATPase (músculo esquelético) para identificação da área de secção transversa da fibra bem como o diâmetro dos miócitos cardíacos e identificação do tipo de fibra muscular esquelética. A análise bioquímica será realizada por Western Blotting de proteínas chaves das vias de síntese e degradação protéica, sendo a AKT, mTOR, p70s6K1, FoxO, MuRF1, Miostatina e as proteínas envolvidas com a via de Cálcio como PLB e SERCA2 e suas respectivas formas ativas. O metabolismo basal e uma avaliação funcional cardíaca serão conduzidos para fins de complementação do estudo. O estudo conta com a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo/Hospital São Paulo, nº 0764/10 e será realizado em parceria com o Departamento de Psicobiologia dessa mesma instituição. (AU)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONICO-NETO, MARCOS; MOREIRA ANTUNES, HANNA KAREN; THOMATIELI DOS SANTOS, RONALDO VAGNER; D'ALMEIDA, VANIA; LINO DE SOUZA, ALTAY ALVES; AZEREDO BITTENCOURT, LIA RITA; TUFIK, SERGIO. Physical activity as a moderator for obstructive sleep apnoea and cardiometabolic risk in the EPISONO study. European Respiratory Journal, v. 52, n. 4 OCT 1 2018. Citações Web of Science: 3.
SARA QUAGLIA DE CAMPOS GIAMPÁ; MARCOS MÔNICO-NETO; HELTON DE SÁ SOUZA; MARCO TÚLIO DE MELLO; SERGIO TUFIK; LESLIE ANDREWS PORTES; ANDREY JORGE SERRA; PAULO JOSÉ FERREIRA TUCCI; HANNA KAREN MOREIRA ANTUNES. Effect Of Resistance Training On Myocardial Contractility In Vitro After Sleep Deprivation. International Journal of Cardiovascular Sciences, v. 30, n. 1, p. -, Fev. 2017.
MONICO-NETO, MARCOS; DATTILO, MURILO; RIBEIRO, DANIEL ARAKI; LEE, KIL SUN; DE MELLO, MARCO TULIO; TUFIK, SERGIO; MOREIRA ANTUNES, HANNA KAREN. REM sleep deprivation impairs muscle regeneration in rats. GROWTH FACTORS, v. 35, n. 1, p. 12-18, 2017. Citações Web of Science: 2.
DE CAMPOS GIAMPA, SARA QUAGLIA; MONICO-NETO, MARCOS; DE MELLO, MARCO TULIO; SOUZA, HELTON DE SA; TUFIK, SERGIO; LEE, KIL SUN; KOIKE, MARCIA KIYOMI; DOS SANTOS, ALEXANDRA ALBERTA; ANTONIO, EDNEI LUIZ; SERRA, ANDREY JORGE; FERREIRA TUCCI, PAULO JOSE; MOREIRA ANTUNES, HANNA KAREN. Paradoxical Sleep Deprivation Causes Cardiac Dysfunction and the Impairment Is Attenuated by Resistance Training. PLoS One, v. 11, n. 11 NOV 23 2016. Citações Web of Science: 2.
MONICO-NETO, MARCOS; MOREIRA ANTUNES, HANNA KAREN; LEE, KIL SUN; PHILLIPS, STUART M.; DE CAMPOS GIAMPA, SARA QUAGLIA; SOUZA, HELTON DE SA; DATTILO, MURILO; MEDEIROS, ALESSANDRA; DE MORAES, WILSON MAX; TUFIK, SERGIO; DE MELLO, MARCO TULIO. Resistance training minimizes catabolic effects induced by sleep deprivation in rats. APPLIED PHYSIOLOGY NUTRITION AND METABOLISM, v. 40, n. 11, p. 1143-1150, NOV 2015. Citações Web of Science: 12.
MONICO-NETO, MARCOS; DE CAMPOS GIAMPA, SARA QUAGLIA; LEE, KIL SUN; DE MELO, CAMILA MARIA; SOUZA, HELTON DE SA; DATTILO, MURILO; MINALI, PAULO ALEXANDRE; SANTOS PRADO, PEDRO HENRIQUE; TUFIK, SERGIO; DE MELLO, MARCO TULIO; MOREIRA ANTUNES, HANNA KAREN. Negative Energy Balance Induced by Paradoxical Sleep Deprivation Causes Multicompartmental Changes in Adipose Tissue and Skeletal Muscle. INTERNATIONAL JOURNAL OF ENDOCRINOLOGY, 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.