Busca avançada
Ano de início
Entree

Aquisição perceptivo-auditiva de contrastes fônicos do português brasileiro

Processo: 13/00911-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2013 - 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Larissa Cristina Berti
Beneficiário:Larissa Cristina Berti
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/05870-6 - Aquisição perceptivo-auditiva de contrastes fônicos do português brasileiro, BP.TT
Assunto(s):Fonética  Fonética acústica  Fonologia  Percepção da fala  Aquisição da linguagem  Português do Brasil  Crianças 

Resumo

O objetivo deste estudo é investigar o desempenho perceptivo-auditivo de crianças nas tarefas de discriminação e identificação de contrastes fônicos do Português Brasileiro (doravante PB). Especificamente, pretende-se (i) verificar se há uma determinada classe fônica que apresenta uma maior ou menor dificuldade de discriminação e identificação e, (ii) em caso de existir, propor uma ordem de aquisição perceptivo-auditiva. A hipótese que se pretende defender é a de a aquisição perceptivo-auditiva desenvolve-se não somente de maneira gradual, como também obedece a uma ordem sistemática de aquisição. Para o desenvolvimento deste estudo, será elaborado um instrumento de percepção de fala - PERCEFAL, contemplando uma tarefa de identificação, envolvendo todos os contrastes fonológicos do PB, com o uso do software PERCEVAL. Participarão deste projeto pelo menos 100 crianças, entre 4 e 8 anos de idade, de ambos os gêneros, com desenvolvimento típico de linguagem. Os estímulos utilizados no experimento de percepção consistirão de edições de pares mínimos de palavras dissilábicas, que contrastarão os fonemas do PB na posição inicial da palavra, produzidas por um falante adulto típico. Por meio de fones de ouvido, serão apresentados os estímulos acústicos para cada criança separadamente. Na tarefa de discriminação será perguntado às crianças se os estímulos são iguais ou diferentes, enquanto da tarefa de identificação será solicitado às crianças que escolham a gravura correspondente à palavra apresentada, dentre duas possibilidades de gravuras dispostas na tela do computador. Os critérios de análise serão: acurácia perceptual-auditiva; tempo de resposta dos acertos e erros; padrões de erros a partir da construção de uma matriz de confusão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LARISSA CRISTINA BERTI. PERCEFAL: instrumento de avaliação da identificação de contrastes fonológicos. Audiol., Commun. Res., v. 22, p. -, 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.