Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise imunológica de indivíduos idosos e propostas em vacinação

Processo: 12/51747-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2013 - 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Valquiria Bueno
Beneficiário:Valquiria Bueno
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):14/50261-8 - Avaliação das células mielóides supressoras em indivíduos idosos: população brasileira e britânica, AP.R
Assunto(s):Sistema imune  Vacinação  Citocinas  Proliferação celular  Citometria de fluxo  Idosos 

Resumo

A população idosa mundial, assim como a brasileira, se encontra num ritmo de crescimento acentuado. Em nações industrializadas a proporção de indivíduos com idade superior a 85 anos cresce seis vezes mais rapidamente do que as outras faixas-etárias. As doenças respiratórias e infecciosas ocupam o 3º e 7º lugar, respectivamente, como causas de óbito em indivíduos acima de 60 anos. A introdução da vacina contra influenza em 1999 mostra claramente já em 2000 que houve um importante decréscimo na taxa de internação por doenças respiratórias. Contudo, a eficácia vacinai é reduzida em idosos devido à imunosenescência. A inserção de adjuvantes em vacinas e o aumento do número de doses podem aumentar a eficácia e prolongar o tempo de proteção das mesmas. Assim, estamos propondo um estudo para o melhor entendimento de como funciona o sistema imune em idosos de 60 a 64 anos (ambos os gêneros) através do estímulo das células desses indivíduos in vitro com um mitógeno já conhecido (fitohemaglutinina, PHA) e com a bactéria morta P.acnes. O mesmo será feito em jovens de 20 a 30 anos para comparação. A avaliação pós-cultura da porcentagem de células com o fenótipo naive, memória efetora, memória central e de memória terminal permitirá identificar qual a população de células respondedora aos estímulos (PHA, P.acnes). Também avaliaremos a taxa de proliferação celular e citocinas como IL-4, IL-1β, IL-17A, IL-10, TNF-α e IFN-γ. Com os resultados identificaremos as diferenças na resposta imune-entre os gêneros masculino e feminino e nos grupos jovens e idosos. Além disso, avaliaremos a ação adjuvante de P.acnes na cultura de células do sangue periférico humano de idosos e jovens em comparação com o mitógeno fitohemaglutinina (PHA). Os resultados indicarão se a P.acnes oferece estímulo adequado para o sistema imune e, portanto, poderia ser indicada como adjuvante vacinal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Idade compromete sistema imune e reduz eficácia de vacinas 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BUENO, VALQUIRIA; SANT'ANNA, OSVALDO AUGUSTO; LORD, JANET M. Ageing and myeloid-derived suppressor cells: possible involvement in immunosenescence and age-related disease. AGE, v. 36, n. 6 DEC 2014. Citações Web of Science: 30.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.