Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do ácido tetra-O-metil nordihidroguaiarético em células de glioblastoma: um estudo transcriptômico e proteômico

Processo: 12/16888-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2013 - 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Luiz Gonzaga Tone
Beneficiário:Luiz Gonzaga Tone
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:José César Rosa
Assunto(s):Neoplasias neuroepiteliomatosas  Glioblastoma  Antineoplásicos  Ácido nordi-hidroguaiarético  Proteômica  Transcriptoma 

Resumo

Glioblastoma é um dos tumores mais agressivos do sistema nervoso central e entre as diversas neoplasias possui um dos piores prognósticos. Mesmo com as novas estratégias de tratamento, a sobrevida de pacientes portadores de glioblastoma continua sendo muito baixa, gerando a urgente necessidade de abordagens mais efetivas para seu tratamento. O acido tetra-O-metil nordihidroguaiarético (M4N), é um novo agente terapêutico que funciona como um repressor transcricional global de genes dependentes do fator de transcrição Sp1. Além dos seus potentes efeitos antineoplásicos em diversos tumores, o M4N tem apresentado níveis significativos de segurança e tolerabilidade em pacientes. Estudos pré-clínicos desenvolvidos pelo nosso grupo de pesquisa têm corroborado os efeitos antineoplásicos do M4N e demonstrado seus efeitos sinérgicos quando combinado com temozolomida e radiação em linhagens celulares e culturas primárias de glioblastoma provenientes de amostras de pacientes diagnosticados no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (USP). Estes resultados foram associados à diminuição da expressão gênica dos genes Sp1-dependentes BIRC5 e CDK1. Porém, nenhum estudo tem descrito quais são as consequências moleculares globais que acontecem após o tratamento com este inibidor.A proposta deste projeto é estudar, do ponto de vista transcriptômico e proteômico, quais são as mudanças em grande escala nos níveis de expressão gênica e protéica após o tratamento com M4N em linhagens celulares de glioblastoma. Além disso, serão estudadas quais as vias oncogênicas estão envolvidas com os efeitos sinérgicos do M4N em combinação com radiação e temozolomida nestas células. Adicionalmente, a avaliação de diferentes parâmetros celulares como proliferação, capacidade clonogênica e expressão gênica e protéica por qRT-PCR e western blotting, respectivamente, será realizada para complementar a investigação. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASTRO-GAMERO, ANGEL MAURICIO; PEZUK, JULIA ALEJANDRA; BRASSESCO, MARIA SOL; TONE, LUIZ GONZAGA. G2/M inhibitors as pharmacotherapeutic opportunities for glioblastoma: the old, the new, and the future. CANCER BIOLOGY & MEDICINE, v. 15, n. 4, p. 354-374, NOV 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.