Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resposta metabólica associada à mastectomia em cadelas com neoplasias mamárias

Processo: 13/02460-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2013 - 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Andrigo Barboza de Nardi
Beneficiário:Andrigo Barboza de Nardi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Pesq. associados:Sabrina Marin Rodigheri
Assunto(s):Neoplasias em animal  Neoplasias mamárias  Mastectomia  Cães 

Resumo

Tumores mamários representam 50% de todas as neoplasias que acometem fêmeas da espécie canina. A cirurgia é considerada o tratamento de eleição, entretanto existem controvérsias quanto aos benefícios da realização de técnicas cirúrgicas radicais em detrimento de técnicas conservadoras no tratamento das neoplasias mamárias. A mastectomia total unilateral garante a remoção de todo o tecido mamário da cadeia afetada pela neoplasia, minimizando as chances de aparecimento de novos tumores, contudo, esta técnica induz excessivo trauma cirúrgico, aumentando a morbidade dos pacientes. Resposta metabólica ao trauma é a designação dada para o conjunto de alterações neuroendócrinas, hematológicas e imunológicas que ocorrem após a injúria cirúrgica. Face a inexistência de estudos relacionados a avaliação da resposta metabólica associada as técnicas de mastectomia em animais, o presente estudo objetiva determinar a glicemia, os níveis de fibrinogênio plasmático e a concentração sérica de cortisol, interleucina-2, interleucina-6 e fator de necrose tumoral-alfa, no pós-operatório de cadelas com neoplasias mamárias submetidas a mastectomia total unilateral ou mastectomia regional, associadas ou não a ovariosalpingohistercetomia. Para verificar a diferença entre os parâmetros avaliados, nos diferentes momentos, dentro de cada grupo será utilizada a análise estatística ANOVA e o teste T para análise entre os grupos. Os resultados obtidos possibilitarão um melhor entendimento sobre as alterações metabólicas secundárias ao trauma cirúrgico induzido nas cirurgias de mastectomia em cadelas. Desta forma, contribuirão para a instituição de estratégias terapêuticas que minimizem a morbidade e mortalidade dos pacientes no período perioperatório. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.