Busca avançada
Ano de início
Entree

Teste do modelo Microbial-ENzyme Decomposition (MEND) para os ciclos de carbono e nitrogênio na Serra do Mar, São Paulo

Processo: 12/51582-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2013 - 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Convênio/Acordo: UT - Battelle
Pesquisador responsável:Marcos Pereira Marinho Aidar
Beneficiário:Marcos Pereira Marinho Aidar
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Matéria orgânica do solo  Microbiologia do solo  Ciclo do carbono  Carbono orgânico dissolvido  Nitrogênio  Biomassa  Mata Atlântica  Mudança climática 

Resumo

Modelos contemporâneos de carbono orgânico do solo, simulam a dinâmica do C determinando os tamanhos dos reservatórios e taxas de rotatividade. Atividades microbianas não são considerados explicitamente, e esta é uma grande lacuna na capacidade de prever com precisão a resposta dos ecossistemas terrestres a variação do clima. A questão-chave é a aclimatação - como a comunidade microbiana aclimata em relação a mudanças no clima irá determinar o grau de respostas dos solos, que constituem o maior reservatório terrestre de C. Se comunidades microbianas aclimatam a temperaturas mais elevadas, os fluxos de CO2 provenientes de solos será muito menor do que se as comunidades não aclimatarem. Portanto, é importante determinar a extensão de aclimatação da comunidade microbinana a temperaturas elevadas de modo a prever com maior precisão o futuro do nosso clima. Sob um programa ORNL recente, foi desenvolvido o Microbial-ENzyme Decomposition (MEND) Model. No momento estamos testando o modelo, buscando incorporar N e, eventualmente, vinculá-lo ao global Community Land Model. Assim selecionamos areas de estudo, incluindo ecossistemas tropicais, temperados, e árticos para testes de validação em escala de laboratório e campo. A Mata Atlântica brasileira é um importante ecossistema tropical e as áreas de estudo foram estabelecidas ao longo de um gradiente altitudinal no Estado de São Paulo, com os dados existentes na biomassa acima do solo e abaixo, as características do solo (C e N) e fluxos de gases de efeito estufa. Assim, através da exploração de um ambiente bem estudado ao longo de um gradiente de elevação, esta proposta irá investigar o tema "Tropical Forest Ecosystems Response to Environmental Changes", conforme especificado na Seção 4 (a) da "FAPESP-ORNL Call for Proposals". (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.