Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da frequência de polimorfismos do gene do receptor da Vitamina D (VDR) como fator de risco na etiologia da degeneração discal

Resumo

O disco intervertebral é uma estrutura fibrocartilaginosa cuja principal função é agir como amortecedor, transmitindo cargas de compressão entre os corpos vertebrais. O processo de degeneração do disco está associado a várias condições clínicas, entre elas a dor lombar ou lombociatalgia (estreitamento do canal vertebral da região lombar). A lombalgia é um dos problemas de saúde mais comuns na sociedade, sendo importante causa de deficiência física, absenteísmo ao trabalho e uso de serviços de saúde. Cerca que 50 a 80% da população apresentará um episódio de dor lombar durante a vida. A degeneração do disco intervertebral é considerada como o principal fator de origem de dor lombar. Anteriormente, a degeneração do disco era vista como resultado do envelhecimento e de insultos mecânicos, assim as estratégias de prevenção eram focadas principalmente em fatores mecânicos como causa primária. Hoje a degeneração discal é vista como uma condição em grande parte de influência pela genética associadas a fatores ambientais, embora estes apresentem menor influência, apresentam também um papel importante na etiologia da doença. Fatores de risco descritos na literatura incluem fatores constitucionais e ambientais, tais como carga ocupacional, tipo de trabalho (vibração ocupacional ao dirigir), estresse mental, tabagismo, altura e peso, embora o assunto seja controverso.A vitamina D é conhecida como um hormônio regulador da homeostase do cálcio e da mineralização óssea. A maioria das atividades biológicas da vitamina D é mediada por um receptor de alta-afinidade que age como um fator de transcrição ativado pelo ligante - o gene do receptor de vitamina D (VDR). Alterações genéticas no gene VDR podem levar a importantes defeitos na ativação gênica afetando o metabolismo do cálcio, proliferação celular, função imune, etc, que pode ser explicado por mudanças na conformação da proteína. Mudanças na seqüência do gene, como polimorfismos, podem ocorrer na região não-codificante do gene (íntrons) afetando o grau de expressão do gene, e assim os níveis da proteína e também em regiões codificantes (éxons) e levar a mudanças na sequência da proteína.Yuan et al (2010) observaram um efeito sinérgico do alelo 5A do polimorfismo 6A5A/5A5A do gene MMP-3 e do alelo A do polimorfismo ApaI (AA/Aa) do gene VDR e o risco ocupacional na degeneração discal. Eser et al (2010) também observaram associação positiva dos polimorfismos FokI e TapI do gene VDR e a degeneração discal.Pouco se sabe a respeito dos polimorfismos do gene VDR e suas implicações na função do gene. Os polimorfismos de base única - SNPs (Single Nucleotide Polymorphisms) são comuns no genoma humano e, frequentemente, ocorrem em genes específicos envol¬vidos na gênese e predisposição a doenças humanas. Dessa forma, nós hipotetizamos uma possível relação entre os polimorfismos do gene VDR (BmsI - T1056C, ApaI - G1025-49T, TaqI - G1024+283A e FokI - T2C) e a degeneração discal. Poucos estudos foram realizados associando a degeneração discal e o sistema da vitamina D e, até o momento, não há estudos na população brasileira. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PABALAN, NOEL; TABANGAY, LANI; JARJANAZI, HAMDI; VIEIRA, LUIZ ANGELO; DOS SANTOS, ALINE AMARO; BARBOSA, CAIO PARENTE; REIS RODRIGUES, LUCIANO MILLER; BIANCO, BIANCA. Association Between the FokI and ApaI Polymorphisms in the Vitamin D Receptor Gene and Intervertebral Disc Degeneration: A Systematic Review and Meta-Analysis. GENETIC TESTING AND MOLECULAR BIOMARKERS, v. 21, n. 1, p. 24-32, . (13/00902-4)
VIEIRA, LUIZ ANGELO; DOS SANTOS, ALINE AMARO; PELUSO, CARLA; BARBOSA, CAIO PARENTE; BIANCO, BIANCA; REIS RODRIGUES, LUCIANO MILLER. Influence of lifestyle characteristics and VDR polymorphisms as risk factors for intervertebral disc degeneration: a case-control study. EUROPEAN JOURNAL OF MEDICAL RESEARCH, v. 23, . (13/00902-4)
VIEIRA, LUIZ ANGELO; DE MARCHI, PATRICIA LEME; DOS SANTOS, ALINE AMARO; CHRISTOFOLINI, DENISE MARIA; BARBOSA, CAIO PARENTE; AFFONSO FONSECA, FERNANDO LUIZ; BIANCO, BIANCA; RODRIGUES, LUCIANO MILLER R.. Analysis of FokI Polymorphism of Vitamin D Receptor Gene in Intervertebral Disc Degeneration. GENETIC TESTING AND MOLECULAR BIOMARKERS, v. 18, n. 9, p. 625-629, . (13/00902-4, 12/21886-4)
FIGUEIREDO DA ROSA, FERNANDO WILLIAM; ISOLDI POHL, PEDRO HENRIQUE; AMARAL ANTONIO MADER, ANA MARIA; DE PAIVA, CARLA PELUSO; DOS SANTOS, ALINE AMARO; BIANCO, BIANCA; REIS RODRIGUES, LUCIANO MILLER. Histological analysis of the repair of dural lesions with silicone mesh in rats subjected to experimental lesions. Einstein (São Paulo), v. 13, n. 4, p. 567-573, . (13/00902-4)
AMARO, ALINE; GUERRA, ANA BEATRIZ; DEFINO, MATHEUS PIPPA; VIEIRA, LUIZ ANGELO; PELUSO, CARLA; BIANCO, BIANCA; REIS RODRIGUES, LUCIANO MILLER. Vascular endothelial growth factor gene variations as a risk predictor in disc degeneration. Einstein (São Paulo), v. 15, n. 4, p. 403-408, . (13/00902-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.