Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioactive fraction of Melipona scutellaris geoprópolis decreases neutrophils migration in inflammatory process: involvement of Nitric Oxide pathway

Processo: 13/06867-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de junho de 2013 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Pedro Luiz Rosalen
Beneficiário:Pedro Luiz Rosalen
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Melipona scutellaris  Própolis  Óxido nítrico  Neutrófilos 

Resumo

O objetivo deste estudo foi o de avaliar a atividade do extrato etanólico de geoprópolis (EEGP) de Melipona scutellaris e suas frações sobre a modulação da migração de neutrófilos durante o processo inflamatório, bem como a participação da via do óxido nítrico (NO), e verificar o perfil químico da fração bioativa. O EEGP e sua fração aquosa diminuíram a migração de neutrófilos na cavidade peritoneal induzido por carragenina, como também diminuíram a interação dos leucócitos (rolamento e adesão) com as células endoteliais. Os níveis das quimiocinas CXCL1/KC e CXCL2/MIP-2 não foram alterados após o tratamento com o EEGP e fração aquosa. A administração de inibidores da via do NO suprimiu a atividade inibitória do EEGP e da fração aquosa sobre a migração de neutrófilos. A expressão de ICAM-1 apresentou-se diminuída, e os níveis de nitritos aumentados após o tratamento com EEGP e fração aquosa. No modelo de edema de pata induzido por carragenina, o EEGP e a fração aquosa apresentaram atividade anti-edematogênica. Nenhum padrão de ácido fenólico ou flavonóide comumente encontrado em amostra de própolis de Apis mellifera pôde ser detectado na fração aquosa. Estes dados indicam que a fração aquosa identificada, possui substâncias bioativas promissoras para atividade anti-inflamatória. (AU)