Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da microestrutura sobre as propriedades mecânicas e resistência à corrosão em meio fisiológico artificial de um aço inoxidável austenítico de alto nitrogênio ISO 5832-9, utilizado na fabricação de implantes ortopédicos

Resumo

Caracterização e análise das variações microestruturais e suas conseqüências sobre as propriedades mecânicas e resistência à corrosão de um aço inoxidável ISO 5832-9, utilizado para fabricação de implantes ortopédicos. As variações microestruturais serão induzidas por deformação plástica a frio em tração (10 e 20 por cento) e tratamento térmico de recozimento em temperaturas na faixa de 600 a 1300ºC. A caracterização microestrutural e a verificação do aparecimento de fases frágeis serão feitas por meio de microscopia ótica, microscopia eletrônica de varredura e microscopia eletrônica de transmissão. A influência das variações microestruturais sobre as propriedades mecânicas será avaliada por meio de ensaios de tração, dureza Vickers, tenacidade à fratura (CTOD), fadiga em meio fisiológico artificial, corrosão potenciodinâmica cíclica, suscetibilidade à corrosão por pite ou fresta e suscetibilidade à corrosão intergranular (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: