Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto piloto para implantação de uma nova plataforma (hardware e software) para captura e processamento de transações financeiras voltadas ao público de baixa renda

Processo: 12/51009-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de julho de 2013 - 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia do Bem-estar Social
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Walter Ribeiro da Silva
Beneficiário:Walter Ribeiro da Silva
Empresa:Mprojects Soluções em Informática Ltda (Mprojects)
Município: Barueri
Assunto(s):Bancos  Operações bancárias  Desenvolvimento de software  Hardware  Dispositivos móveis  Bluetooth 

Resumo

O projeto MRemittance encontra-se na fase de execução do projeto piloto, o qual marca a passagem do estágio de desenvolvimento para o estágio de avaliação da solução em ambiente controlado. Desta forma, o projeto piloto visa à implantação de uma nova plataforma de hardware e software para captura e processamento de transações financeiras voltadas ao público de baixa-renda que foi desenvolvida com apoio do FINEP, CNPq/RHAE e SEBRAETEC-SP ao longo de 3 anos. A citada plataforma adotou um conjunto de tecnologias que propicia a inserção da população de baixa renda no mundo das transações financeiras, torna possível a existência de novo tipo de correspondente bancário aderente à realidade geográfica, econômica e social das regiões menos desenvolvidas. Atualmente o ponto mais avançado de uma agencia bancaria é o terminal de alto-atendimento (ATM), entretanto questões relacionadas à infra-estrutura e segurança dificultam o uso dessa tecnologia nas regiões mais pobres. A MProjects inova ao criar um dispositivo móvel chamado Posto Avançado da Agencia que esta totalmente integrado a plataform MRemittance. Com este equipamento a Instituição Financeira poderá ofertar produtos financeiros ao público não bancarizado, através de uma rede de curto alcance formada por terminais provedores de um serviço do tipo Intranet Bank e de forma totalmente independente da empresa de telefonia móvel. Já o cliente final, necessita de um aparelho celular (de qualquer marca ou modelo) com uma interface Bluetooth e que tenha instalado o Browser desenvolvido pela MProjects. Os recursos solicitados nesse projeto piloto se destinam a financiar parte do investimento necessário (aprox. 30%) para criar uma rede de 150 correspondentes bancários (CB), sendo que cada CB poderá processar diariamente de 25/50 transações (saque, desembolso, pagamentos de todo tipo, transferência entre contas, contratação de serviços) por dia ou 1000 transações por mês, atendendo um publico de 25/40 mil pessoas. A definição do número total de CB para o projeto piloto teve o intuito de validar as nossas projeções financeiras que proporcionassem um equilíbrio ("break-even-point") econômico e operacional para esse tipo de serviço ao final de 18 meses. O restante dos investimentos necessários serão custeados pela Central de Cooperativa de Crédito ASCOOB e pela Secretária do Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado de São Paulo através do programa FUNCET/SP e pelo programa CNPq/RHAE. Esse projeto também o tem como objetivo validar as reais condições para implantar essa plataforma em todo o território nacional e de introduzir o conceito de agência bancária de bolso, através do uso de aparelhos celulares (modelos populares). (AU)