Busca avançada
Ano de início
Entree

TRANS/FORM/AÇÃO: Revista de Filosofia da UNESP

Processo: 13/03734-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Periódico
Vigência: 01 de junho de 2013 - 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Clelia Aparecida Martins
Beneficiário:Clelia Aparecida Martins
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Filosofia política  Filosofia da linguagem  Filosofia contemporânea  Publicações de divulgação científica  Periódicos científicos  Artigos de periódicos 

Resumo

Resumo do fascículo temático de TRANS/FORM/AÇÃO - v. 36, 2013. Trata-se de um fascículo temático, no qual a revista TRANS/FORM/AÇÃO é inteiramente dedicada à Filosofia Contemporânea, uma vez que traz uma exposição sistemática acerca da abundância argumentativa e teórica de um dos autores mais destacados do pensamento filosófico da atualidade, a saber, Jürgen Habermas. A este filósofo são dedicados os Colóquios do Grupo de Pesquisa "Filosofia Contemporânea: Habermas", e o conjunto de textos que compõem este fascículo, em sua maioria, foram apresentados no IV Colóquio Habermas, realizado em 2011 na Faculdade de Filosofia da UNESP-Marília, evento este subvencionado pela FAPESP. São ao todo treze artigos: num primeiro artigo, a abordagem habermasiana é tomada como recurso para avaliar a relação entre Foucault e a Teoria Crítica; outro foca sua pragmática da linguagem, perante ou na absorção dos argumentos de Peirce. Alguns textos procuram avaliar o alcance e os limites de sua filosofia política, diante, por exemplo, da de Rousseau e da própria limitação da democracia deliberativa, seja concernente ao seu caráter abstrato, seja relativa ao uso público da razão. Ainda no âmbito da filosofia política, constam três artigos tematizando os direitos humanos, quer na própria acepção deles carregada de conteúdo jurídico, quer na análise da própria crítica habermasiana a Rousseau e Kant, quer ainda na compreensão da instituição dos mesmos, desde o leque conceitual advindo da teoria do discurso. Três artigos focam a perspectiva evolucionária. Um analisa o desenvolvimento da teoria evolutiva no pensamento de Habermas, outro admite a abordagem habermasiana da racionalidade, na perspectiva de uma filosofia da história de tipo evolucionista, procurando aí um monismo naturalista desde um paralelismo com o naturalismo da filosofia da mente de Pettit; outro baliza, na acepção de eu pós-convencional e elaboração da própria Teoria da ação comunicativa, a contribuição da teoria meadiana acerca da constituição do eu e de sua identidade. E, na abordagem do pensamento social de Habermas, o fascículo conta ainda com dois artigos, um tratando da compreensão como recurso metodológico na produção do conhecimento e outro considerando o tema da modernidade. Enfim, os textos reunidos neste fascículo temático dedicado a Habermas, ainda que ora sua produção sob determinado âmbito seja analisada em comparação com a de outro pensador, ora seja examinada nela mesma, ou ainda seja na sua apropriação crítica de argumentos e teorias de outros filósofos, possibilitam ao leitor de TRANS/FORM/AÇÃO o contato com a variedade conceitual e de discussões desse pensador e atestam sua relevância. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.