Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos imunotóxicos do crack em ratos: desenvolvimento de metodologia de exposição via pulmonar

Processo: 12/24550-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2013 - 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Isis Machado Hueza
Beneficiário:Isis Machado Hueza
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Pesq. associados:Karin Argenti Simon ; Virgínia Martins Carvalho
Assunto(s):Drogas ilícitas  Cocaína crack  Sistema imune  Modelos animais  Ratos 

Resumo

Atualmente o uso do entorpecente: crack (cocaína, na forma base livre) tem se difundido de forma acentuada entre usuários de drogas de abuso, não respeitando barreiras sociais, de faixa etária ou étnicas, trazendo à sociedade grandes prejuízos, não só decorrente da violência do meio, mas principalmente relacionados à saúde pública. De fato, vários estudos epidemiológicos vem mostrando que usuários desta droga são mais propensos a desenvolver uma séria de problemas de saúde, entre estas, a ocorrência de doenças infectocontagiosas, como AIDS, tuberculose entre outras. No entanto, raríssimos ou quase inexistentes são os estudos com crack desenvolvidos com modelo animal, o que seria de grande valia, haja vista que eliminaria variáveis que os usuários apresentam, como: uso concomitante de outras drogas, estresse, desnutrição entre outras, o que poderiam inferir em maior suscetibilidade destes indivíduos à imunossupressão. Assim, o presente projeto terá como objetivos, desenvolver uma metodologia factível para exposição de ratos à fumaça do crack e a avaliação do efeito desta exposição sobre diferentes parâmetros do sistema imune destes animais expostos à droga durante 28 dias. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HUEZA, ISIS M.; PONCE, FERNANDO; GARCIA, RAPHAEL C. T.; MARCOURAKIS, TANIA; YONAMINE, MAURICIO; MANTOVANI, CINTHIA DE C.; KIRSTEN, THIAGO B. A new exposure model to evaluate smoked illicit drugs in rodents: A study of crack cocaine. JOURNAL OF PHARMACOLOGICAL AND TOXICOLOGICAL METHODS, v. 77, p. 17-23, JAN-FEB 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.