Busca avançada
Ano de início
Entree

Membranas de nanofibras com alta adesão para liberação bucal de fármacos

Processo: 13/04877-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2013 - 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Lucia Helena Innocentini Mei
Beneficiário:Lucia Helena Innocentini Mei
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Vias de administração de medicamentos  Administração através da mucosa  Biopolímeros  Nanotecnologia  Nanofibras  Eletrofiação 

Resumo

Os revestimentos mucosos (nasal, retal, ocular, vaginal e a cavidade bucal) são considerados sítios potenciais para a administração de fármacos, com várias vantagens em relação a administração oral, porém, apresentam grandes desafios para a administração de fármacos. Um destes desafios, que requer grandes esforços da comunidade científica, é a baixa eficiência dos sistemas adesivos e dos sistemas de liberação controlada de fármacos, além do efeito "burst release" indesejado. Muitos polímeros supostamente mucoadesivos em potencial foram testados como sistemas para liberação de fármacos, com o objetivo de aumentar a interação e a duração do contato entre o polímero e a mucosa. O uso de membranas de nanofibras eletrofiadas, como agentes carreadores para fármacos, tem mostrado um grande potencial em aplicações biomédicas. Nestes sistemas os fármacos podem ser convenientemente incorporados aos polímeros, e o perfil de liberação da droga pode ser projetado por uma modulação da morfologia, da porosidade e da composição da membrana de nanofibras. Atualmente vários fármacos poderiam ser incorporados nestas membranas, tais como: fármacos para tratamento in situ de doenças bucais, antibióticos, hormônios, proteínas e peptídeos que seriam degradados no trato gastro intestinal, trazendo uma alternativa de tratamento mais eficiente com menos efeitos colaterais aos pacientes. Neste projeto propõe-se o desenvolvimento de um sistema para liberação bucal de fármacos, baseado em membranas de nanofibras eletrofiadas, a partir de soluções de polímeros altamente mucoadesivos. Acredita-se que a estrutura tridimensional formada pela rede de nanofibras, com sua alta área de superfície, irá aumentar as interações entre a membrana adesiva e a mucosa, melhorando sua performance como dispositivo de liberação controlada. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUERRA NISTA, SILVIA VAZ; BETTINI, JEFFERSON; INNOCENTINI MEI, LUCIA HELENA. Coaxial nanofibers of chitosan-alginate-PEO polycomplex obtained by electrospinning. Carbohydrate Polymers, v. 127, p. 222-228, AUG 20 2015. Citações Web of Science: 35.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.