Busca avançada
Ano de início
Entree

Síndrome metabólica e declínio cognitivo: impacto do exercício físico

Processo: 13/06720-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2013 - 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Chin Jia Lin
Beneficiário:Chin Jia Lin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Gilberto Fernando Xavier ; Milton de Arruda Martins ; Natalia Gomes Gonçalves
Assunto(s):Doença de Alzheimer  Transtornos cognitivos  Síndrome metabólica  Resistência à insulina  Exercício físico 

Resumo

Evidências disponíveis sugerem que existe uma relação entre distúrbios da sinalização de insulina e alterações de funções cognitivas. Alterações moleculares típicas de resistência insulínica têm sido encontradas em cérebros de pacientes com doença de Alzheimer. Mais ainda, resistência à insulina estimula a secreção de ² amiloide e aumenta a fosforilação de proteína tau, o que leva à formação de emaranhados neurofibrilares. Além disso, ratos tornados resistentes à insulina por meio da ingestão de frutose apresentam déficits cognitivos. Apesar das evidências, não está claro se perturbação da sinalização de insulina é causa ou consequência dos distúrbios cognitivos ou apenas as acompanha. Uma das intervenções que está sendo avaliada para tratamento de quadro demencial é o exercício físico. Sabe-se que o exercício físico pode reduzir o acúmulo de placas amiloides e pode também prevenir atrofia do hipocampo. Visto que exercício físico pode atuar por diversos mecanismos - inclusive por melhoria da sensibilidade à insulina - os objetivos deste estudo são: 1- avaliar se atividade física é capaz de reverter o declínio cognitivo associado à resistência à insulina experimental provocada pela ingestão de solução de frutose e 2- verificar se a melhora cognitiva se dá devido à correção da resistência à insulina. Para isso, avaliaremos a memória dos animais através de testes cognitivos no labirinto aquático de Morris e as moléculas de sinalização intracelular de insulina e inflamação do tecido hipocampal através de Western Blot. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONCALVES, NATALIA GOMES; CAVALETTI, STEPHANIE HEFFER; PASQUALUCCI, CARLOS AUGUSTO; MARTINS, MILTON ARRUDA; LIN, CHIN JIA. Fructose ingestion impairs expression of genes involved in skeletal muscle's adaptive response to aerobic exercise. GENES AND NUTRITION, v. 12, DEC 8 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.