Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da variação de suprimento de oxigênio durante processo descontínuo de obtenção de xilitol em hidrolisado de bagaço de cana

Processo: 00/03151-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2000 - 31 de julho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola
Pesquisador responsável:Maria das Graças de Almeida Felipe
Beneficiário:Maria das Graças de Almeida Felipe
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química de Lorena (FAENQUIL). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Fermentação aeróbica  Oxigênio  Hidrólise  Cana-de-açúcar  Indústria sucro-alcooleira 

Resumo

A partir da hidrólise ácida do bagaço de cana-de-açúcar, será obtido hidrolisado hemicelulósico rico em açúcares fermentescíveis, com predominância da pentose D-xilose, que será convertida a xilitol, adoçante anticariogênico enão calórico, através da levedura Candida guilliermondii. A disponibilidade de oxigênio tem influência significativa na fermentação de D-xilose e é o principal fator regulador da via metabólica de formação de células e/ou xilitol. Primeiramente será avaliada a adequação nutricional do hidrolisado hemicelulósico de bagaço de cana-de-açúcar após seu tratamento, concentração e caracterização. Numa segunda fase, será avaliado o processo descontínuo estudando-se a variação da aeração no sistema, ou seja, do suprimento de oxigênio durante diferentes fases do crescimento de C. guilliermondii. Nesse sentido, tem-se como objetivo principal estabelecer qual será a fase de crescimento mais adequada para alteração da agitação do sistema, bem como o valor da agitação, de tal maneira a fornecer a concentração de oxigênio dissolvido necessário para se obter elevada atividade da enzima XR e baixa atividade da enzima XD, com aumento na Qp de xilitol (AU)