Busca avançada
Ano de início
Entree

Tratamento de esgoto sanitário através de processos combinados: reator anaeróbio de leito fixo e planta aquática

Processo: 00/03536-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2000 - 31 de maio de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Conte
Beneficiário:Maria de Lourdes Conte
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Notas: O responsável pelo Projeto foi o Prof. Paulo Rodolfo Leopoldo, falecido em novembro de 2000. Após essa data, assumiu a responsabilidade a Profa. Maria de Lourdes Conte
Assunto(s):Água  Águas residuárias  Tratamento de água  Esgotos sanitários  Efluentes  Plantas aquáticas 

Resumo

Teste de sistema de tratamento de efluente doméstico, gerado por uma colônia agrícola de 12 casas com 60 habitantes, localizado na Fazenda Experimental de Lageado, utilizando-se de processos combinados, ou seja, um tratamento anaeróbio seguido de procedimento aeróbio. Na fase referente ao processo anaeróbio serão empregados reatores do tipo horizontal de leito fixo (RAHLF), enquanto que na segunda fase se fará uso de plantas aquáticas (Juncus sellovianus) implantadas em leito filtrante, constituído por solo, areia, casca de arroz e pedra. No decorrer do período experimental serão coletadas amostras em diferentes pontos do sistema, para fins de análise das variáveis: Demanda Química de Oxigênio (DQO), Condutividade elétrica, pH, Turbidez, Sólidos totais, fixos e voláteis, Sólidos em suspensão, Coliformes, Concentração de NO3, NO2, N total e P total e Volume de gás liberados pelo sistema anaeróbio, medido através de coluna de água a pressão constante, visando a verificar a eficiência do sistema. A princípio supõe-se que essa combinação seria vantajosa em relação ao sistema com uso único de planta (AU)