Busca avançada
Ano de início
Entree

Formulação de fungos nematófagos a base de bagaço de cana e mensuração de sua eficácia a campo no manejo de nematóides em sistema de produção de quiabo, outras hortícolas e plantas ornamentais

Processo: 06/52291-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de dezembro de 2006 - 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Jaime Maia dos Santos
Beneficiário:Jaime Maia dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Instituição parceira: Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA)
Assunto(s):Nematoides  Fungos  Bagaços  Cana-de-açúcar  Horticultura  Quiabo  Plantas ornamentais  Piacatu (SP) 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_2_25_25.pdf

Resumo

Neste projeto será viabilizada a formulação de fungos nematófagos, a base de bagaço de cana enriquecido com farelo de arroz, para ser utilizada no controle biológico dos nematoides de galha (Meloidogyne spp.), em cultivos protegidos e em agricultura familiar, tais como áreas de produção de quiabo, na região de Piacatu-SP. Com efeito, nesse pequeno município do oeste paulista é produzido 34,6% de todo o quiabo comercializado na Companhia de Entreposto de Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (CEAGESP), representando o sustento de mais de 450 famílias que vivem na região, conforme citação do Jornal Entreposto. Entre os diversos problemas fitossanitários do quiabeiro, o limitante a produção, são os nematoides de galha. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.