Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação externa de desempenho dos testes sorológicos para imunodiagnóstico de infecção por HIV, vírus das hepatites B e C, HTLVI/II, sífilis e doença de chagas realizados pelos laboratórios componentes da rede estadual de laboratórios - SUS - do Estado de São Paulo

Processo: 06/61165-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas para o SUS
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Márcia Mitiko Otani
Beneficiário:Márcia Mitiko Otani
Instituição-sede: Hemocentro de São Paulo. Fundação Pró-Sangue. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Testes sorológicos  Doenças sexualmente transmissíveis  Laboratórios  Serviços laboratoriais de saúde pública  Controle da qualidade 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_252_184_185.pdf

Resumo

Os painéis de amostras clínicas ou biológicas de avaliação externa de desempenho são ferramenta utilizada para monitorar a qualidade e desempenho dos testes diagnósticos laboratoriais. A Organização Mundial da Saúde recomenda que os laboratórios, de todas as categorias de complexidade, participem de programas de avaliação externa de desempenho. O objetivo do presente projeto é de avaliar a qualidade dos resultados de testes sorológicos para anti-HIV-1/2, AgHBs, anti-HCV, anti-HTLV-l/II, sífilis e doença de Chagas realizados nos laboratórios componentes da rede estadual de laboratórios do estado de São Paulo - laboratórios credenciados do SUS (Sistema Único de Saúde). Os painéis de amostras de soros constituídos de 12 amostras todos os painéis serão encaminhados aos laboratórios participantes em duas etapas, a cada seis meses, durante o ano de 2007. A parceria interinstitucional entre a FPS-HSP, a CCD e o IAL será fundamental na divulgação dos propósitos do programa, na sensibilização dos diretores e responsáveis pelos laboratórios quanto à adesão e ao cumprimento das diretrizes e protocolos estabelecidos, bem como na análise dos benefícios efetivos que o programa oferece no processo de melhoria contínua da gestão de qualidade do laboratório/instituição (hospital) e consequentemente para a saúde pública. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.