Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de ligas nanocristalinas formadoras de hidretos metálicos para aplicações em tanques armazenadores de hidrogênio, baterias recarregáveis e sensores para detecção de hidrogênio

Processo: 05/59945-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de novembro de 2006 - 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:José Fernando Ribeiro de Castro
Beneficiário:José Fernando Ribeiro de Castro
Empresa:Mhnano Indústria e Desenvolvimento de Materiais Nanoestruturados Ltda. - ME
Município: São Carlos
Auxílios(s) vinculado(s):11/51090-4 - Desenvolvimento de um moinho de alta energia para produção em escala piloto de grafite nanométrico, AP.PIPE3
11/52007-3 - Desenvolvimento de um moinho de alta energia para produção em escala piloto de grafite nanométrico, AP.PIPE3
Bolsa(s) vinculada(s):09/15900-1 - Apoio técnico no estudo e desenvolvimento de suspensões coloidais a partir de Nanopartículas de TiO2 e ZnO obtidas por moagem de alta energia para aplicações como aditivos com ação bactericida e absorção UV no setor do agronegócio e tintas, BP.TT
09/00470-1 - Produção de ligas nanocristalinas de hidretos metálicos para aplicações em tanques armazenadores de hidrogênio, baterias recarregáveis e sensores para detecção de hidrogênio, BP.TT
08/10902-3 - Produção de ligas nanocristalinas de hidretos metálicos para aplicações em tanques armazenadores de hidrogênio, baterias recarregáveis e sensores para detecção de hidrogênio, BP.TT
06/55913-7 - Produção de ligas nonocristalinas formadoras de hidretos metálicos para aplicações em tanques armazenadores de hidrogênio, baterias recarregáveis e sensores para detecção de hidrogênio, BP.PIPE
Assunto(s):Nanocompósitos  Emissão de gases  Depósitos de combustível fóssil  Fontes alternativas de energia  Hidrogênio 

Resumo

As reduções obrigatórias na emissão de gases poluentes industriais e de transporte estão sendo negociadas entre a Europa, os Estados Unidos e os países desenvolvidos. Os encontros do Rio e de Kyoto concluiram que o uso da energia de combustíveis fósseis será restringido bem antes de seu término, e neste caso, fontes alternativas de energia e novos dispositivos deverão ser desenvolvidos. O hidrogênio é um meio ideal de transporte, conversão e armazenagem de energia dentro do conceito de energia limpa. Essencialmente não é poluente, pois sua combustão gera água. Um meio seguro de armazenar o combustível hidrogênio é no estado sólido. Denominadas como ligas armazenadoras de hidrogênio são na verdade elementos metálicos formadores de hidretos, que devido a sua alta densidade volumétrica de armazenagem, estabilidade, segurança e facilidade de manuseio se tornam muito atrativos. Além da aplicação de tanques armazenadores de hidrogênio, existem outras aplicações práticas para esses materiais. Dentre estas aplicações, pode-se também destacar: i) sensores de gases; ii) fixadores (getters) de hidrogênio; iii) separação de isótopos de hidrogênio; iv) purificação do hidrogênio; v) armazenagem e transporte de energia térmica; vi) catálise heterogênea; vii) baterias recarregáveis. O presente projeto tem como objetivo adaptar um moinho nacional convencional para um moinho de alta energia e dominar os parâmetros de processamento para produção em escala industrial de ligas nanocristalinas e nanocompósitos à base de TiCrV, MgTFx (TFx = Fluoretosde Metais de Transição) e LaNi5 para uma próxima etapa, inicie o desenvolvimento dos seguintes protótipos: tanques armazenadores de hidrogênio, baterias recarregáveis de níquel-hidreto metálico e sensores para detecção de hidrogênio (AU)