Busca avançada
Ano de início
Entree

Deteção e reconhecimento digital da face humana

Processo: 05/59952-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2006 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Luis Mariano del Val Cura
Beneficiário:Luis Mariano del Val Cura
Empresa:Griaule Biometrics Ltda
Município: Campinas
Bolsa(s) vinculada(s):09/07964-0 - Detecção e reconhecimento digital da face humana, BP.TT
08/10662-2 - Detecção e reconhecimento da face humana, BP.TT
08/08613-3 - Detecção e reconhecimento digital da face humana, BP.TT
06/57589-2 - Detecção e reconhecimento digital da face humana, BP.PIPE
Assunto(s):Banco de dados  Imagem digital  Processamento de imagens  Reconhecimento de imagem 

Resumo

O problema do reconhecimento da face humana consiste em processar computacionalmente imagens faciais para oferecer solução a dois cenários: a identificação de uma face ou a verificação da uma identidade pretendida. Adicionalmente existem características relevantes da face que podem ser obtidas como parte desse processamento tais como elementos do rosto (olhos, boca, nariz), sexo, idade, cor do cabelo,etc. Estas características podem ser exploradas em produtos comerciais. A Griaule Tecnologia tem desenvolvido um produto que identifica características faciais relevantes como olhos e boca. Este produto permite a geração automatizada de fotografias faciais segundo padrões de qualidade para a emissão de documentação de identidade. Dando continuidade a esse desenvolvimento o presente projeto tem como objetivos: 1. A detecção em imagens e videos de outras características relevantes da face como sexo, faixa etária e raça e seu materialização em um produto comercial. 2. Utilizar os resultados do estado da arte junto com as características detectadas para criar produtos iniciais de verificação e identificação de rostos com tempo de resposta e precisão adequadas.Estes produtos finais permitiriam a criação de soluções comerciais brasileiras para o processamento da face de baixo custo e integradas a outras tecnologias como processamento de impressões digitais (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Digitais em larga escala 
Matéria(s) publicada(s) no blog Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Empresa apoiada pela FAPESP ganha licitação de US$ 75 milhões do Pentágono 
Software de identificação biométrica do TSE foi desenvolvido por startup 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.